DONA INÊS-PB. João Idalino é indicado Pré-Candidato a Prefeito com o apoio de Antônio Justino

13775635_1140768305969076_8331485589053370200_nEm reunião realizada na noite deste sábado, 23 de julho, o Prefeito de Dona Inês Antônio Justino (PSD) anunciou apoio ao nome do seu vice-prefeito, João Idalino (PSD), para a corrida às eleições deste ano como pré-candidatura a Prefeito.

O Prefeito disse que a escolha se deu a partir de uma pesquisa envolvendo os nomes de Demétrio Ferreira, Luiz Alves, Jairo e João Idalino, onde este último se saiu melhor.

A questão do vice, ficou para ser definida entre o grupo que só deve ser anunciado na convenção do partido que acontece no dia 05 de agosto.

BANANEIRAS-PB. Edgar Santa Cruz será ou não candidato nestas eleições?

Candidato perdedor nas eleições de 2012 contra o atual Prefeito de Bananeiras, o ex-vereador Edgar Santa Cruz tem tido seu nome em destaque esta semana ao ser levantada a possibilidade dele não disputar as eleições. Isto porque de acordo com algumas especulações ele não estaria filiado em nenhum partido.

Entramos em contato com o ex-vereador, e ele disse que até o final do mês decide se irá ou não para a disputa, mas adiantou que está filiado ao PR e que segue no projeto da oposição.

Na próxima segunda (25) Edgar Santa Cruz participará do Jornal da Integração onde promete esclarecer as especulações surgidas nos últimos dias em relação ao seu nome.

O Jornal da Integração vai ao ar pela Rádio Integração 680am, das 06h00 às 09h00, de seg. a sex.

Definição da chapa situacionista em Dona Inês deve ser apresentada no sábado (20)

O Prefeito Antônio Justino deve apresentar no próximo sábado (23) os nomes que vão compor a chapa majoritária do PSD no Município.

Comentário de bastidores dão conta de que a decisão saiu após uma pesquisa encomendada pelo próprio Prefeito que ainda não revelou o resultado.

Justino estará com seu grupo político definindo as pré-candidaturas no encontro do sábado a noite que vai acontecer no Balneário Parques das Águas.

Prefeito Douglas Lucena define pré-candidato a vice na sua chapa para as eleições deste ano

Não há novidades na escolha para o vice-prefeito na Chapa do Prefeito Douglas Lucena para as eleições deste ano. Faz tempo que o Vereador Guga Aragão era o nome mais cotado para ocupar a vaga deixada pelo vice-prefeito Mateus Bezerra, que deixou o projeto de Lucena, para iniciar seu próprio projeto.

Guga passa a compor a chapa a ser apresentada na convenção do Partido do Partido do Prefeito, depois da desistência dos Vereadores Kilson Dantas e Ramon Moreira, que anunciaram na segunda (18) a saída da disputa à vaga de vice na chapa com Douglas.

Pronto. Agora esta tudo definido. Douglas Lucena, Pré candidato a Prefeito e Guga Aragão, pré-candidato a Vice Prefeito.

Vamos aguardar a definição da oposição.

Partidos já podem realizar convenções para escolher candidatos das Eleições 2016

As agremiações partidárias que pretendem lançar candidatos a prefeito, a vice-prefeito e a vereador nas Eleições Municipais de 2016 podem realizar, a partir desta quarta-feira, 20 de julho, até o dia 5 de agosto, convenções partidárias para a definição dos concorrentes. A regra está prevista na Lei nº 9.504/1997 (Lei das Eleições), no Calendário Eleitoral de 2016 e na Resolução do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) nº 23.455/2015.

Conforme explica o secretário Judiciário do TSE, Fernando Maciel Alencastro, a data de realização das convenções para a escolha dos candidatos pelos partidos e para deliberação sobre coligações mudou com a Reforma Eleitoral 2015 (Lei nº 13.165/2015). O prazo antigo determinava que as convenções partidárias deveriam ocorrer de 10 a 30 de junho do ano da eleição.

A Reforma Eleitoral também alterou o prazo (que passou de 60 para 30 dias) para o preenchimento das vagas remanescentes no caso de as convenções partidárias não conseguirem indicar o número máximo de candidatos.

Outra mudança introduzida pela Lei nº 13.165 refere-se ao prazo para deferimento da filiação partidária com a finalidade de participar do pleito. Agora, para concorrer às eleições, o candidato deverá possuir domicílio eleitoral na respectiva circunscrição pelo prazo de, pelo menos, um ano antes do pleito, e estar com a filiação deferida pelo partido no mínimo seis meses antes da data da eleição. Até 2014, a filiação deveria estar deferida no mínimo um ano antes do pleito.

Com TSE