PMJ entregará arena esportiva e município será palco da Copa Nordeste de Beach Soocer

Secretários Nanan (Esportes) e João Fernandes (Infraestrutura), avaliando os últimos detalhes antes da inauguração

A Prefeitura de Jacaraú se prepara para entregar aos munícipes a primeira obra da gestão do prefeito Elias Costa, a arena esportiva “Márcio Rodrigues de Almeida” será inaugurada na tarde desta terça-feira (12).

Um equipamento que há muitos anos foi o sonho dos desportistas local, será palco do maior torneio da modalidade beach soocer: a Copa Nordeste. Durante quatro dias delegações de seis Estados (PB, PE, AL, SE, RN, PI) competirão pelo título brasileiro.

A solenidade, prevista para iniciar às 18h00 terá apresentações culturais, esportivas e deve ser prestigiada pelos presidentes da Confederação Brasileira de Beach Soocer, senhor Rodrigo Royo, da Federação Paraibana de Beach Soocer, senhor Ailton Cavalcanti, além das falas das autoridades, o Prefeito Elias Costa, e dos secretários de Esportes e Infraestrutura, Carlos Gerônimo (Nanan), João Fernandes, respectivamente.

A arena esportiva levará o nome de “Márcio Rodrigues de Almeida”, uma justa homenagem a um atleta jacarauense, morto em um acidente em 2012.

O valor do investimento não foi informado, mas a obra foi realizada com recursos próprios da PMJ. A final dos jogos está prevista para às 19h00 do próximo sábado (16). A expectativa da PMJ é de que o evento atraia um grande público para o município de Jacaraú. O torneio abre caminho para campeonatos locais de outras modalidades, que já estão sendo organizados pela Secretaria.

ManchetePB

IOEB em Jacaraú cai no primeiro ano de mandato do prefeito Elias Costa

Foi divulgado nesta quinta-feira (07/12) o mais novo Índice de Oportunidades da Educação Brasileira, o IOEB, que aponta a situação da educação nos estados e municípios brasileiros, tendo em vista o aperfeiçoamento educacional.

O IOEB – Índice de Oportunidades da Educação Brasileira é um índice único para cada local, que engloba toda a educação básica, bem como todos os moradores locais em idade escolar, e não apenas os que estão efetivamente na escola.

De acordo com o ranking apresentado pelo IOEB, em 2015 o índice de Jacaraú era de 4.0 o que colocava o município em 3538º posição. Com a queda do IOEB em 2017, Jacaraú cai para a 4224º posição no ranking nacional.

Comparado a Municípios da região como Belém e Caiçara, cujos prefeitos também estão em seu primeiro ano de mandato; Jacaraú, administrado pelo prefeito Elias Costa, foi o único que sofreu queda no índice, como confirma a tabela abaixo. Em Belém, município administrado pela prefeita Renata Christinne, o índice subiu de 3.7 para 4.1. Por sua vez, o município de Caiçara, que tem como chefe do executivo o prefeito Hugo Alves, conseguiu manter o índice anterior de 3.4.

Já o índice do Estado da Paraíba subiu de 4.1 para 4.3, no geral os municípios brasileiros elevaram seus índices de 4.5 para 4.7.

 

O índice é baseado nos indicadores de resultado e de insumos, como qualidade dos professores, experiência dos diretores, tempo de jornada na escola das crianças e taxa de atendimento na educação infantil. O Índice de Oportunidades da Educação Brasileira, organizado pelo Centro de Liderança Pública (CLP), em parceria com o Instituto Península, Fundação Roberto Marinho, Fundação Lemann e Instituto Natura, é executado pela consultoria METAS Sociais.

O IOEB  tem como objetivo apresentar práticas que contribuam para o aperfeiçoamento educacional nas cidades ou estados. O Estudo identifica e oferece oportunidades que servem de inspirações a outros gestores educacionais na abordagem das questões que indivíduos enfrentam em diversas regiões. Os dados estão disponíveis no site do IOEB e pode ser acessado pelo ioeb.org.br.

Pery Camilo com informações de ioeb.org.br

TCE aponta erro da contabilidade no lançamento de gastos com combustíveis em Jacaraú

No último dia 20 compartilhamos em nosso site matéria do renomado portal de notícias G1 Paraíba que noticiava em sua publicação a lista dos Municípios paraibanos que serão investigados pela ineficiência dos gastos com combustíveis, entre eles Jacaraú, no Litoral Norte.

Nesta quinta-feira (29), nossa equipe foi contactada de maneira oficiosa pela chefia de gabinete da Prefeitura de Jacaraú, pedindo retratação e informando que ocorreu um erro por parte do TCE no modelo de definição de parâmetros dos gastos de combustíveis para o Município. A informação foi confirmada e descrita em um relatório, onde o TCE anexa a devida correção.

Após as devidas correções, o TCE, após análise, segue o relato informando que verificou que algumas despesas com combustíveis não foram devidamente lançadas pela contabilidade do Município. Assim, o Sagres Combustível que apontava para um gasto de R$ 489.615, 28 (quatrocentos e oitenta e nove mil, seiscentos e quinze reais e vinte e oito centavos) agora apresenta gasto superior, desta feita num montante de R$ 511.935,20 (quinhentos e onze mil, novecentos e trita e cinco reais e vinte centavos).

Abaixo a imagem do relatório enviado pelo TCE à chefia de gabinete da PMJ que apresenta as informações:

ManchetPB

 

 

 

 

Família vai parar em Delegacia após trote de falso doador de campanha beneficente

A campanha de solidariedade que envolveu o Vale do Mamanguape em favor do menino Nícolas, sofreu um baque na tarde desta terça-feira (21). A criança de apenas 11 meses de vida tem craniostenose (uma deformação no crânio que pode provocar problemas de visão e cognitivo) e precisa urgentemente passar por uma intervenção cirúrgica.

Para custear as despesas, R$21 mil reais para a intervenção e R$ 12 mil para os cuidados pós-operatório, totalizando R$ 33 mil reais, os familiares e amigos se uniram em uma campanha que mobilizou várias Cidades. Seguindo a agenda de programação para mobilização social, os pais do menino Nícolas estiveram participando esta manhã do jornalístico da Rádio Talismã FM (Belém), quando foram surpreendidos por um suposto doador anônimo.

Por telefone o falso benfeitor ofereceu custear todas as despesas da cirurgia e ainda orientou os familiares a buscarem imediatamente um Hospital em João Pessoa. Seguindo as orientações que eram diretamente passadas via telefone a um primo da criança, o farsante chegou a marcar a cirurgia junto ao setor administrativo da Clínica médica.

Após algumas horas de espera, o valor não era transferido, levantando suspeitas. Por fim, em uma mensagem com uma justificativa sem uma mínima lógica, o farsante dizia que não poderia mais ajudar. Uma brincadeira sem graça que gerou uma decepção enorme nos envolvidos e uma lacuna nas expectativas.

Já no início da noite, os familiares estiveram na DPC de Mamanguape para prestar queixa e as medidas cabíveis para identificação do farsante e serão tomadas.

Cerca de R$ 26 mil reais dos R$ 33 mil precisos já foram arrecadados. O valor em conta permitiu que os familiares marcassem a cirurgia para a próxima sexta-feira (24), e para conseguir o valor necessário para a meta, várias ações estão programadas, entre elas um show com artistas jacarauenses no próximo sábado (25) e um bingo no domingo (26), no centro da Cidade.

O outro lado da história

Na contra mão de toda essa história de terror, durante a entrevista na Rádio Talismã, uma multidão se aglomerava nas dependências do local para colaborarem com a campanha. Em pouco mais de uma hora R$ 1.444, 00 (um mil quatrocentos e quarenta e quatro reais) foram arrecadados. Pessoas de todas as idades, credos e classes sociais estiveram presentes para levarem a sua contribuição e sua palavra de conforto.

Um dia de muita emoção que foi marcado pelo paradoxo dos sentimentos humanos. Após um momento de angústia e decepção, a campanha em favor do menino Nícolas ganhou ainda mais força. As ações seguem com um brilho ainda maior e a certeza que por fim o bem e o amor ao próximo sempre prevalecem.

Se quiser contribuir você pode depositar qualquer valor na Conta corrente número: 12021-9; Agência: 2191-1, do Banco do Brasil, em nome de Saulo Clemente Costa (Saulo é primo dos pais de Nícolas e organizador da campanha).

Pery Camilo

Jacaraú e mais 19 municípios serão investigados por gasto excessivo com combustíveis

Vinte municípios da Paraíba estão na Matriz de Risco dos gastos em combustíveis em 2017. Os dados, até o mês de setembro, são do Sagres Combustíveis do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE-PB). Segundo o presidente do tribunal, conselheiro André Carlo Torres Pontes, essas cidades devem ser alvo de investigação dos auditores.

Entre os municípios da nossa região estão Jacaraú e Logradouro.

“Os municípios com baixo índice de eficiência estão gastando muito e vão ser investigados. Eles estão muito ruins em eficiência e vão ter seus gastos com combustível analisados”, explicou o conselheiro.

Confira a posição no Ranking dos piores índices de eficiência na Paraíba, em 2017 (%).

A lista dos municípios com os piores índices de eficiência do estado é encabeçada por Cruz do Espírito Santo, com um índice de 18%. Logo em seguida parecem Ingá (19%) e Parari (20%). O índice de eficiência leva em consideração as despesas totais com combustíveis e o índice de necessidades dos municípios.

De acordo com os indicadores do Sagres Combustíveis, Parari já gastou, até setembro, R$ 369,47 por habitante em 2017, a maior despesa per capita do estado. Em todo o ano de 2016, esse número chegou a R$ 533,64 por habitante.

Por outro lado, 11 municípios atingiram o índice de eficiência máximo, de 100%: Cajazeiras, Pombal, Patos, Igaracy, Ibiara, Remígio, Araruna, São Sebastião de Lagoa de Roça, Campina Grande, Sapé e Bayeux.

Despesas com combustíveis

Em todo o estado, os municípios gastaram mais com o combustível biodiesel em 2017. Foi um total de R$ 46,87 milhões, que corresponde a 51,1% das despesas totais com combustíveis. A gasolina foi o segundo produto mais comprado, com gastos de R$ 39,12 milhões, o equivalente a 42,7% do total. Em seguida aparecem o óleo diesel, com R$ 4,80 milhões (5,2%), e o álcool, R$ 857,59 mil (0,9%).

Esses gastos dos municípios com combustíveis são principalmente destinados à saúde (29,35) e educação (27,9%). Também têm participação expressiva na distribuição dos gastos o urbanismo (13,6%), a administração (13,2%) e a agricultura (10,9%).

As informações são do G1.

Prefeitura de Jacaraú entrega veículo zero km

Secretário de saúde Hermano Filho (de azul), Prefeito Elias Costa

 

Acompanhado de secretários e assessores, o prefeito de Jacaraú Elias Costa (PMDB), fez a entrega oficial de um veículo zero km para a Secretaria Municipal de Saúde, na manhã deste domingo (19).

O veículo modelo Spin, foi adquirido com recursos da Saúde e servirá para o uso exclusivo do setor de Vigilâncias (Ambiental, Epidemiológica, Sanitária).

ManchetePB

Jacaraú se une em campanha de solidariedade para a salvar a vida do pequeno Nícolas

No colo da mãe, o olhar e o sorriso aberto de Nícolas Valentin para o primo Saulo Clemente.

Há poucos dias o povo da cidade de Jacaraú foi contagiado por uma energia positiva de amor ao próximo. O motivo de tanta solidariedade tem um nome: Nícolas Valentin. A alegre criança de olhar meigo e sorriso encantador, tem apenas 11 meses de idade e luta contra o tempo para conseguir o valor necessário para custear uma cirurgia em seu crânio.

Nícolas Valentin é o segundo filho do casal Ana Gleice e Cassiano Corcino, moradores do sítio Macedo, zona rural do município de Jacaraú. Em março deste ano, com então 03 (três) meses de vida, sua mãe percebeu que alguma coisa não estava normal. Nícolas, embora se desenvolvesse perfeitamente, tinha uma protuberância na cabeça. Preocupa, ela procurou atendimento médico, mas foi acalmada. Segundo diziam, não havia nada de errado. A resposta obtida no PSF de Jacaraú não convenceu a mãe, que por conta própria iniciou uma pesquisa intensa para saber do que poderia se tratar os sintomas que percebia na filho.

Meses mais tarde, já em outubro, agora com 10 (dez) meses; Nícolas sofre uma queda e convulsões e é socorrido às pressas para o Hospital de Traumas em João Pessoa, onde a família tem finalmente o temido diagnóstico: cranioestenose, uma deformação na cabeça que pode afetar a cognição e a visão da criança.

Nícolas é encaminhado com rápida urgência para realização de uma cirurgia no crânio. Sem risco de lesões permanentes, o procedimento cirúrgico só pode ser realizado até os 12 meses da criança; Nícolas, então estava com 10. A família humilde procurou a intervenção dos órgãos públicos, mas teriam que aguardar uma vaga em um leito de UTI. Iniciava assim uma corrida contra o tempo, e uma campanha de solidariedade para conseguir os R$ 33 mil reais necessários para custear as despesas em Hospital particular. Serão R$21 mil para a cirurgia e mais R$ 12 mil para os cuidados pós-operatório.

Uma corrente de bondade e amor ao próximo se espalhou e de real em real, R$ 20 mil reais já foram arrecadados. “Dinheiro doado por pessoas do povo, pessoas simples e de vários lugares” – fez questão de enfatizar os familiares. Ainda falta muito, mas não há dúvidas de que essa onda de empatia e compaixão irá crescer e logo teremos a boa notícia de que todo o dinheiro preciso, foi arrecadado.

Quem quiser colaborar com a campanha “Todos por Nícolas”, é só contribuir com qualquer valor em dinheiro e depositar na conta corrente cujos dados seguirão abaixo. O ManchetePB, assim como toda imprensa falada e escrita do Estado da Paraíba, estão engajados nessa campanha, e a partir de agora, faremos uma série de reportagens que acompanhará o passo a passo dessa história de esperança, que terá um final feliz graças a força e o amor de uma família e da solidariedade de toda uma Cidade.

Para contribuir você deposita na Conta corrente número: 12021-9; Agência: 2191-1, do Banco do Brasil, em nome de Saulo Clemente Costa (Saulo é primo dos pais de Nícolas e organizador da campanha).

Pery Camilo

Reajuste: gás de cozinha fica mais caro a partir deste domingo (05)

A Petrobras anunciou reajuste de 4,5% nos preços do gás para uso residencial, envasado pelas distribuidoras em botijões de até 13 kg (GLP P-13). O aumento para o gás de cozinha entra em vigor à zero hora de 05 de novembro de 2017, próximo domingo.

O reajuste, segundo a Petrobras, foi causado principalmente pela alta das cotações do produto nos mercados internacionais, influenciada pela conjuntura externa e pela proximidade do inverno no Hemisfério Norte. A variação do câmbio também contribuiu.

A empresa informou ainda que, como a lei brasileira garante liberdade de preços no mercado de combustíveis e derivados, as revisões feitas nas refinarias podem ou não se refletir no preço final ao consumidor. Isso dependerá de repasses feitos especialmente por distribuidoras e revendedores.

O ajuste anunciado foi aplicado sobre os preços praticados sem incidência de tributos. Se for integralmente repassado aos preços ao consumidor, a companhia estima que o preço do botijão de GLP P-13 pode ser reajustado, em média, em 2,0% ou cerca de R$ 1,21 por botijão, isso se forem mantidas as margens de distribuição e de revenda e as alíquotas de tributos.

Com O Globo

Professora impede aluna policial de fazer prova fardada e armada na UEPB de Guarabira

Professora de direito impediu aluna de fazer prova fardada e armada na UEPB

Uma confusão foi registrada na terça-feira (31) no campus da UEPB em Guarabira, no Agreste paraibano, após uma professora do curso de direito impedir que uma estudante, que é policial militar, entrasse fardada e armada na sala de aula para fazer prova. A proibição gerou uma discussão e outros policiais militares, que também estudam na UEPB, tentaram entrar no campus para intervir, mas foram impedidos pelo coordenador do curso.

Em nota, a UEPB informou que não pode se pronunciar sobre o caso pois até a manhã desta quarta-feira (1º) não tinha recebido nenhuma denúncia contra a professora na coordenação de direito, nem na ouvidoria da universidade. Ainda de acordo com a nota, a universitária foi orientada a registrar a reclamação formalmente na coordenação do curso para que a instituição tome uma providência.

A Caixa Beneficente dos Oficiais e Praças da Polícia Militar e do Bombeiro Militar da Paraíba em solidariedade à policial militar impedida de fazer a prova por estar armada também emitiu uma nota. No texto, o órgão diz que vai buscar todos os meios jurídicos cabíveis contra a professora que impediu o acesso de uma policial militar e estudante de direito à sala de aula porque estava fardada.

Ainda de acordo com a Caixa Beneficente, a atitude da professora gerou “constrangimento não só a pessoa da policial, mas a todos os integrantes da corporação, demonstrando claro preconceito profissional, o que deve ser combatido nos dias atuais”. O órgão informou que vai acionar a universidade judicialmente e enviar um ofício pedindo o afastamento da professora.

“Ensinar direito na teoria quando na prática é a primeira a desrespeitá-lo, principalmente o de ir e vir, é danoso para a educação e pode estimular que fatos desta natureza sejam cada vez mais recorrentes contra profissionais da segurança pública”, conclui a nota. As informações são do G1 Paraíba.

Governo reduz valor que será pago pelo salário mínimo para 2018

O ministro do Planejamento, Dyogo Oliveira, anunciou nesta segunda-feira (30) a revisão do Orçamento de 2018 com a previsão de redução de R$ 4 no valor do salário mínimo para o próximo ano, que passa de R$ 969 para R$ 965.

“Esse não é o valor que está sendo definido, mas uma projeção para fins orçamentários. O valor será fixado apenas em janeiro, como determina a lei, com a publicação de um decreto. É uma estimativa com base na estimativa da inflação”, explicou o ministro.

O valor menor ocorre devido a redução da previsão do Índice de Preços ao Consumidor (INPC).

Na mensagem modificativa do Projeto de Lei Orçamentária Anual (PLOA) de 2018, que será enviada ao Congresso Nacional, o governo mantém a previsão de crescimento de 2% do PIB para 2018 e uma inflação oficial pelo Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de 4,2%.

Já a estimativa do INPC, teve uma leve modificação em relação à proposta orçamentária em tramitação no Congresso, de 4,2%, para 4,3%.

No documento que será enviado ao Congresso, o governo reduz a previsão de taxa Selic para o próximo ao de 8% ao ano para 7,25%.

O governo está enviando ao Congresso a mensagem modificativa porque a peça orçamentária enviada em 31 de agosto não considerou a revisão da meta de déficit fiscal para o ano que vem e a redução das despesas.

Portal Correio