Polêmica na eleição da nova mesa diretora da Câmara de Jacaraú

Foto: Ramos Silva

Neste sábado (24) em uma sessão extraordinária os vereadores se reuniram para votação antecipada da nova mesa diretora biênio 2019/2020 da Câmara Municipal de Jacaraú. A eleição rápida e tranquila aconteceu como o planejado.

Essa teria sido só mais uma eleição qualquer se não fosse mais uma história de traição. E parece que traição e desonestidade são palavras que estão ficando clichês nos bastidores políticos da Cidade.

Para se entender melhor essa história voltemos ao fim do ano de 2016, quando Lico de Doro teria procurado o vereador professor Adelson Ângelo para pedir apoio e assim formar atual mesa. Lico teria garantido que em troca, o professor Adelson teria seu apoio para presidência na gestão posterior. Aliado dos vereadores Veio André, agora eleito vice-presidente, e Misso Abreu, ainda nas companhias do então chefe de gabinete Jr de Gel e do procurador jurídico da Câmara, Ferdinando, assinaram um termo de compromisso onde selavam a nova/futura chapa.

Ao mesmo tempo, em outra frente, os vereadores França de Doutor, Peron Filho, Gilson Duarte e Zezinho Manum (na época ainda  aliados do ex-prefeito João Ribeiro), se uniram para que a primeira mesa fosse formada com Adelson na presidência; porém, certo do cumprimento da palavra de Lico de Doro e de posse do termo assinado pelas testemunhas, Adelson não aceitou.

Em uma jogada de “mestre” e atitude rasteira, Lico de Doro, supostamente articulado com o Prefeito Elias Costa e com apoio dos outrora “colegas” de Adelson; se lançou candidato formando uma nova chapa, vencendo a eleição na manhã de hoje. Apenas uma chapa foi apresentada e nem o professor Adelson Ângelo, nem o vereador França de Doutor participaram da sessão.

Além de cair no conto do vigário e da levar uma rasteira que deixou o Professor literalmente fora de rumo; o que chamou mais atenção na nova mesa diretora é a estranha “aliança” entre Peron Filho, (que aderiu recentemente ao grupo de situação), e do vereador Veio André; já que no passado bem recente Peron Filho foi responsável pelo processo que culminou na cassação do ex-vereador Jr André, (filho de Veio), afastando-o da presidência. Vale lembrar que as contas de Jr André acabaram de ser aprovadas pelo Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, provando que o julgamento feito na época por Peron Filho e companhia, não passou de mera perseguição política.

Com exclusividade, nossa equipe teve acesso a uma cópia do documento supracitado e da nota onde o vereador Adelson Ângelo se declara traído pelos pares. Ele enfatiza que confiou na “palavra de homem” do presidente Lico de Doro.

Leia:

Termo de compromisso assinado por Lico e testemunhas
Nota de esclarecimento do vereador Adelson Ângelo

Ao que vemos palavra de honra não anda valendo muita coisa hoje em dia no meio político de Jacaraú, e se avaliarmos as condições e nova conjuntura da próxima mesa diretora, iremos perceber que para se chegar ao poder vale tudo, trair, encenar e até mesmo se aliar ao “algoz” do próprio filho.

Reconduzido à presidência, Lico de Doro terá Veio André como vice-presidente, Peron Filho como primeiro secretário e Gilson Duarte como segundo secretário.

Pery Camilo

 

Prefeitura de Pedro Régis tem energia de prédios cortada por falta de pagamento

Foto: facebook vereador Virgínio Ribeiro

Há pelo menos vinte (20) dias a população de Pedro Régis têm usado os meios de comunicação para denúnciar suposta negligência e ingerência da administração do prefeito José Aurélio, popular Baia. As denúncias vão de falta de água na zona rural à falta de energia em prédios públicos.

Na semana passada, um grupo de esportistas se reuniram em um protesto pacífico e inusitado, usando velas acessas para chamar  a atenção da sociedade para o transtorno que passavam pela impossibilidade de praticar esportes no único ginásio da Cidade, que até então, estava às escuras.

O vereador de oposição Virgínio Ribeiro, também usou as redes sociais para denunciar aquilo que ele chamou de “calamidade administrativa e precarização dos serviços destinados à população”. Virgínio fez duras críticas e usou o espaço para lamentar uma suposta perseguição arbitrária por parte do gestão municipal. Segundo o vereador, alguns jovens que participaram do protesto, foram denunciados à polícia; a qualificação da denúncia não foi divulgada, porém se confirmada a veracidade de tal atitude, há de se cogitar a fragilidade nas relações democráticas no Município e lamentar que ações populares sofram represália; quando na verdade deveriam ser ouvidas.

Para apurarmos as denúncias procuramos representantes da PMPR, porém não tivemos acesso ao setor competente. Fomos orientados a procurar o líder do governo na Câmara Municipal de Pedro Régis, o jovem vereador Floreistan Abreu. O vereador confirmou o desligamento da energia nos prédios públicos e lamentou o episódio. Floreistan disse com exclusividade ao ManchetePB que é aliado do Prefeito Baia e apoia suas ações; faz a defesa de sua gestão na Câmara ou justifica quando necessário, porém sobre o fato em questão considerou irresponsável a existência do acúmulo dos débitos que culminaram no corte da energia. “Não defendo coisa errada, foi irresponsabilidade”- enfatizou com coerência.

Além da energia da Prefeitura e Ginásio de Esportes, os prédios onde funcionam a academia de saúde e banheiros públicos também foram desligadas. Após a notificação e o corte, a informação é de que a Prefeitura realizou os pagamentos em atraso e a energia nos locais  deverão  ser religadas nas próximas horas.

Pery Camilo

 

Cassado pela Câmara por supostas irregularidades, ex-vereador tem contas aprovadas pelo TCE

Cassado por supostas irregularidades na gestão da Câmara Municipal de Jacaraú, ano de 2015, o ex-vereador Antônio André Corcino Júnior, popular Jr André, teve as contas aprovadas pela corte do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba, numa decisão tomada por unanimidade na manhã desta quarta-feira (21).

Em um processo rápido e pouco convincente, Jr André foi afastado da presidência da Câmara por alguns de seus pares. Na época as denúncias falavam de supostas irregularidades na contratação de pessoal e disparidade no valor de pagamento em prestação de serviços.

Jr André, que sempre alegou perseguição política; prova hoje que as alegações denunciadas para seu afastamento eram improcedentes. A decisão tomada hoje pelo TCE atesta a lisura e probidade das ações do ex-vereador à frente da gestão da Câmara.

Sobre a decisão, o ex-vereador falou com exclusividade ao ManchetePB e demonstrou serenidade. Para ele “o resultado positivo é uma resposta à sociedade e uma frustração para àqueles que tanto o perseguiram”. Disse ainda que o resultado foi o esperado.

Vale lembrar que alguns nomes responsáveis pelo afastamento do ex-vereador, foram reeleitos para a atual legislatura e hoje são colegas do pai de Jr André, o vereador Antônio André Corcino, popular Veio André

O processo de cassação de Jr André em 2015, e a decisão favorável unânime e sem ressalvas do TCE levanta um questionamento pertinente das ações de alguns vereadores na Câmara Municipal, que há bem pouco tempo em decisão inversa  reprovou as contas do ex-prefeito João Ribeiro, aprovadas também por unanimidade pelo mesmo Tribunal. A pergunta é: até que ponto o poder e julgamento por critérios escusos de representantes do legislativo devem ser limitados?

A aprovação das contas de Jr André é um exemplo nítido que para alguns políticos as leis podem ser deturpada em favor das conveniências.

Pery Camilo

 

Comissão do Senado aprova possibilidade de revogar mandato presidencial

A CCJ (Comissão de Constituição e Justiça) do Senado aprovou nesta quarta-feira (21) uma PEC (proposta de emenda à Constituição) que prevê a revogação do mandato do presidente da República por parte dos eleitores.

Batizado de “recall”, o projeto deve agora ser apreciado pelo plenário da Casa, onde é necessária votação em dois turnos. Se aprovada, tem de seguir ainda para a Câmara. A PEC foi aprovada por unanimidade na CCJ.

De acordo com o texto, será possível revogar o mandato de um presidente da República se 10% dos eleitores presentes na última eleição concordarem. Nesse universo de 10% é necessário que estejam presentes 5% dos eleitores referentes a 14 unidades da federação, a maioria do total de 27.

O pedido de “recall” só será permitido no segundo e terceiro ano de mandato e quem assumiria o cargo, em caso de vacância, é o vice-presidente da República.

O texto original é de autoria do senador Antonio Carlos Valadares (PSB-SE), mas foi modificado pelo tucano Antonio Anastasia (PSDB-MG), que restringiu a possibilidade de revogação do mandato apenas para presidente da República. O projeto inicial previa “recall” para cargos legislativos também.

Com: Folha de São Paulo

Escola Castro Pinto em Jacaraú leva tradição e cultura para arraial junino

A Escola Estadual Castro Pinto, a mais antiga da Cidade de Jacaraú, realizou na noite desta terça-feira (20) seu arraial em alusão aos festejos juninos.

Pela segunda vez a escola deixa suas dependências para se confraternizar com a sociedade em espaço aberto. Um verdadeiro arraial foi produzido para as apresentações culturais que foram prestigiadas por um grande público até as 23h00.

Quadrilhas juninas da zona rural de Jacaraú, das Cidades de Lagoa de Dentro e Duas Estradas e a célebre Cia de Dança Popular Macambirais de Passa e Fica-RN, promoveram  tradição, alegria e muita cultura para uma plateia animada.

Organizado pela Direção, com apoio de todos os professores, coordenadores e funcionários da    Escola, a segunda edição do “Arraiá do Coroné Castro Pinto” entra definitivamente para o calendário cultural do Município, pela organização, temática e alegria.

Pery Camilo

Vereador usa rede social para denunciar supostas irregularidades

O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba informou que irá notificar os órgãos públicos do Estado sobre o pagamento de salários acima dos limites permitidos pela Constituição. Coincidência ou não, o vereador de oposição da Cidade de Jacaraú, Francelino Pontes, popular França, usou sua página no facebook para denunciar supostas irregularidades nos pagamentos de prestadores de serviços e servidores do Município.

Segundo o vereador, a folha disponibilizada pelo TCE traz informações sobre disparidade de salários. Em sua denúncia ele questiona o critério usado para pagar um coveiro e/ou gari salários maiores que ao médico efetivo do Município. O vereador ainda continua sua nota elencando alguns problemas que tem observado, segundo ele, por falta de priorização dos recursos da Prefeitura.

França Pontes termina sua nota insinuando que as denúncias elencadas já foram encaminhadas por ele aos órgãos competentes de fiscalização, e que “aguarda breve resposta à sociedade”.

Leia a nota na íntegra:

“Bom dia Jacaraú,

Uma vez ouvi o Prefeito dessa Cidade insinuar que havia vereador “que não estava dormindo” e blá-blá-blá… não sei como ele adivinhou, mas certamente falava de mim.

Eu realmente não tenho dormido muito bem nos últimos dias, principalmente depois de ter tido acesso aos balancetes e folha de pagamento da PMJ que foram disponibilizadas pelo TCE. Fiquei chocado com tantos absurdos e por não ter respostas pra tantas perguntas ainda, acabo inquieto e tendo insônia.

Porém alguns nomes que hoje recebem salários astronômicos, alguns com salários acima do que é permitido por lei, me chamaram a atenção e eu comecei a entender o porquê alguns colegas tem defendido tão veemente tamanho desmantelo.

É de chocar qualquer cidadão honesto e trabalhador dessa Cidade, saber que hoje seus impostos tem patrocinado e garantido o sustento de pessoas que não tem a mínima capacidade para exercer a função, e que só estão ali pelo simples fato de ser familiar ou amigo de um vereador, ou do secretário, ao ainda do próprio Prefeito. Sabem qual o nome disso? Sim! NEPOTISMO. E até que me provem o contrário, isso é crime e passível de punições administrativas e outras. Hoje o que vemos amigos, é uma verdadeira farra com dinheiro do povo!

Aluguel de carros que não prestam serviços, enquanto populares vão às rádios e redes sociais clamarem por transporte. UBS fechada e seus equipamentos sendo “levados” embora para outro lugar. PSFs sem condições de atendimento odontológico e médico. Dentistas trabalhando sem equipamentos, usando a lanterna do próprio celular para não deixar de amparar um paciente. Cidadãos carentes tendo que se humilhar para terem garantidos o direito a um medicamento especial. Falta de remédios. Falta de água nas Comunidades rurais… é tanto desmantelo. Tudo isso tem acontecido porque não há como custear, há uma crise… uma crise de vergonha, de respeito, de responsabilidade, estão todos em falta!

O dinheiro falta para o benefício do povo, porque está sendo usado para pagar os salários altos salários dos aliados do Prefeito, para isso não há crise.

Como explicar o salário de um gari sendo superior ao do médico efetivo do município? Ou um coveiro ganhando mais que um agente administrativo? Não quero aqui dizer que estas classes não são merecedoras de bons salários, nada disso, todos merecem. Mas em Jacaraú apenas algumas pessoas em cada função mencionada recebem o salário diferente dos demais. A pergunta que “não me deixou dormir” por um tempo foi exatamente essa: -em que esses servidores são melhores que os demais? Até que me atentei as suas relações, aos seus sobrenomes, e acabei entendo o porquê alguns colegas eleitos no mesmo palanque que eu aderiram tão rapidamente a esse projeto fajuto de mudança.

Estando vereador e legítimo fiscal do povo, quero deixar informado que diante de tanta irresponsabilidade e munido das provas necessárias, já tomei todas as medidas cabíveis para que algumas respostas sejam dadas à sociedade. E pode ter certeza Jacaraú, logo elas virão e teremos novidades.

França Pontes”

Pery Camilo

 

Municípios paraibanos terão R$ 130,2 mi extra em julho

Os 223 municípios paraibanos irão receber no mês de julho o valor de R$ 130.285.682,22 referente ao repasse extra do Fundo de Participação dos Municípios (FPM), conforme dados da Confederação Nacional de Municípios (CNM). A previsão da entidade é feita com base em informações oficiais divulgadas pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN), por meio do Relatório de Avaliação Fiscal e Cumprimento de Meta.

De acordo com a CNM, os municípios recebem todos os anos nos meses de julho e dezembro 1% da arrecadação de Imposto de Renda (IR) e Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) referente aos 12 meses anteriores ao mês do repasse. Destaca-se que o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) é composto de 22,5% da arrecadação desses tributos repassados a cada decêndio e distribuídos de forma proporcional de acordo com uma tabela de faixas populacionais.

Para os mais de cinco mil municípios brasileiros será de R$ 4,148 bilhões. A CNM explica que, no mês de julho, o FPM apresenta uma forte queda, devido à sazonalidade da arrecadação ao longo do ano, que ocorre em função dos níveis de atividade econômica típicos de cada período.

De acordo com o relatório da Secretaria do Tesouro Nacional (STN), referente ao 1° bimestre de 2017, a arrecadação de IR e de IPI deverá ser de R$ 392,1 bilhões no País. Sabendo que o repasse do total do FPM em 2017 é de 24,5% do montante arrecadado de IR e IPI, chegou-se a um valor estimado de R$ 96,6 bilhões para o FPM em 2017. Chegou-se, assim, à estimativa do repasse extra de julho de 2017.

O repasse extra de 1% é fruto da aprovação das Emendas Constitucionais 55/2007 e 84/2014. Essas medidas alteraram o artigo 159 da Constituição Federal e elevaram, gradativamente, os recursos repassados pela União para o Fundo. Assim, o repasse passou dos então 22,5% do produto da arrecadação do IR e do IPI para 24,5%. Em particular, o repasse extra de julho veio no sentido de procurar normalizar a queda do FPM nesse mês.

Com: portalcorreio

 

Quadrilhas juninas se apresentam em tradicional festival nesta sexta-feira

Um dos eventos juninos mais tradicionais da Região acontece na noite desta sexta-feira (16); o 26º Festival de Quadrilhas Juninas de Lagoa de Dentro reunirá as melhores quadrilhas do Estado em uma competição que sempre atrai um grande público.

O evento começará às 19h00, no Ginásio “O Andrezão”, e de acordo com o Secretário Municipal de Cultura, Esporte e Turismo, Tarcísio Júnior, tem por finalidade “valorizar, difundir e incentivar uma das maiores manifestações populares da cultura nordestina, os festejos juninos”.

A quadrilha junina do Município, “Encanto Junino”, fará a abertura. Em seguida se apresentarão as quadrilhas: Junina Matutina (Sertãozinho), Diamante Negro (Capim), Manoel Cardoso (Belém), São João na Roça (Arara), Garajaus (Serraria), Xote Caipira (Cuitegi), Nação Nordestina (Caiçara), Sanfona de Ouro (Jacaraú), Filhos da Terra (Araruna), Juventude Junina (Belém), Explosão Nordestina (Alagoinha), Bem-te-vi (Alhandra), Nação Potiguara (Bahia Traição), Lageiro Seco (João Pessoa), Arraial em Paris (Campina Grande) e Chamego Medonho (Esperança).

O Secretário informou que de acordo com o regulamento a quadrilha que não cumprir seu horário será penalizada, e em caso de ausência a quadrilha da sequência se apresentará.

Serão premiadas as três primeiras colocadas com premiação de R$ 2.000,00 (dois mil reais) para a primeira, 1.000,00 (mil reais) para a segunda e R$ 500,00 (quinhentos reais) para a terceira. Ainda serão premiados o melhor casal de noivos, o melhor rei e rainha e o melhor marcador, com R$ 200,00 (duzentos reais) cada. A premiação será acompanhada de troféus. Ao todo serão mais de R$ 5 mil reais em premiação.

A realização do evento é da Prefeitura de Lagoa de Dentro, através da Secretaria de Cultura, Esporte e Turismo.

Ascom Lagoa de De

Tradição e fé: feriado de Corpus Christi teve tapete colorido e muita oração

O feriado de Corpus Christi nesta quinta-feira (15) teve procissões, orações, tradição e fé, com momentos de muita celebração em toda Paraíba.

A celebração católica que teve origem no século XIII ocorre cerca de 60 dias depois da Páscoa e celebra a Eucaristia, um dos sacramentos da igreja católica que representa a transmutação do pão e do vinho no corpo e no sangue de Jesus.

Em Jacaraú mais uma vez a celebração foi realizada com a confecção do famoso tapete colorido feito de pó de serragem, flores, pó de café, sal, tampinhas e outros materiais.

Alunos de Escolas públicas e privadas, integrantes de grupos católicos e populares participaram da confecção do tapete com elementos que fizeram referência a símbolos do cristianismo e demarcaram o caminho seguido pela procissão que seguiu até a Igreja Matriz na rua principal da Cidade, encerrando as celebrações com missa celebrada pelo pároco Pe. Anchieta.

Pery Camilo

 

Casal em moto é atingido por ônibus após discussão de trânsito em João Pessoa

Um casal que trafegava em uma moto foi atingido por um ônibus durante uma discussão de trânsito, no bairro Cristo, em João Pessoa, capital paraibana, nesta quarta-feira (14). Uma mulher grávida estava na garupa da moto e caiu, no momento da colisão. Testemunhas informaram que o motorista do ônibus e o condutor da moto estavam discutindo há vários quarteirões da rua.

Sobre o acidente, o Sindicato das Empresas de Transporte Coletivo Urbano de Passageiros de João Pessoa (SINTUR/JP) esclarece que “reprova qualquer atitude imprudente por parte dos operadores do sistema”. Em nota, o Sintur diz que um procedimento administrativo interno foi instaurado para apurar os fatos e informa que o motorista envolvido no caso foi afastado das atividades.

Um vídeo de um circuito de câmeras de um estabelecimento que fica na rua onde o acidente aconteceu flagrou a batida. Nele é possível ver o momento em que o condutor da moto para na rua e o ônibus atinge o casal, antes de conseguir parar. Depois da batida, o motorista do ônibus desce do veículo e continua a discutir com as vítimas no chão.

Segundo a Polícia Militar, o condutor da moto e o motorista do ônibus estavam discutindo. “Esse cidadão (motociclista) já vinha discutindo com o motorista (do ônibus) há um tempo nessa via. Ele parava na frente do ônibus e ficava provocando o motorista. Em um dos momentos, quando o motorista deu partida no veículo ele (o condutor da moto) parou na frente, quando aconteceu uma pequena colisão”, disse o Cabo Fernandes, do Batalhão de Trânsito da Polícia Militar (BPTran).

O casal foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e encaminhado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. Até o fim da manhã desta quinta-feira (15), a unidade de saúde não havia divulgado o estado de saúde do casal.

Com: g1.com