“Mata Limpa esperava este abastecimento há 35 anos”, diz Tião Gomes

Tião Gomes vibrou durante assinatura da ordem de serviço

Neste sábado (21), o governador Ricardo Coutinho assinou a ordem de serviço autorizando a implantação da adutora do Distrito de Mata Limpa, em Areia. Cerca de 1.800 habitantes serão beneficiados com o sistema de abastecimento de água que representa mais de R$ 1,3 milhão de investimento. Prefeitos, deputados estaduais, auxiliares do Governo e lideranças da região participaram da solenidade.

O deputado estadual Tião Gomes relembrou os momentos de luta para que a adutora tivesse início e ressaltou a satisfação de participar de um momento tão significativo para as famílias de Mata Limpa. “Lutamos muito para que esta adutora saísse do papel e ver a ordem de serviço sendo assinada é uma grande felicidade. Em pouco tempo quero voltar aqui para dizer que, após 35 anos de reivindicação, a adutora de Mata Limpa se concretizou”, afirmou.

Para dona Maria Albina, de 75 anos, a adutora significa vida nova para os moradores de Mata Limpa que sofrem diariamente com a falta de água. “Hoje temos que nos virar com a água sem qualidade das cisternas. É uma água barrenta, com gosto de ferrugem, muito ruim. Quando essa obra ficar pronta vai ser uma bênção, porque finalmente teremos água nas torneiras”, disse.

A professora Glória Felizardo também é moradora do Distrito de Mata Limpa e, assim como dona Maria Albina, também está muito feliz em ver o início da adutora. “Esta é uma obra super esperada pelo povo de Mata Limpa que merece ter água de qualidade nas torneiras. Agradeço ao Governo por olhar por nós e resolver construir essa adutora tão importante para esta área”, falou.

Prefeitos, deputados estaduais, auxiliares do Governo e lideranças da região participaram da solenidade.

Rafael San 

Ricardo autoriza implantação de adutora que vai levar água para Mata Limpa, em Areia

Governador foi recebido pelo deputado Tião Gomes e populares. Foto: Secom

O governador Ricardo Coutinho assinou, neste sábado (21), a ordem de serviço autorizando a implantação da adutora do Distrito de Mata Limpa, em Areia. Cerca de 1.800 habitantes serão beneficiados com o sistema de abastecimento de água que representa mais de R$ 1,3 milhão de investimento. Prefeitos, deputados estaduais, auxiliares do Governo e lideranças da região participaram da solenidade.

Na ocasião, Ricardo Coutinho enfatizou que cada obra hídrica que se inicia representa o esforço do Governo do Estado em levar mais qualidade de vida para a população paraibana. “É um prazer enorme voltar a esta cidade para trazer mais essa boa notícia para o povo. Vamos fazer a adutora de Mata Limpa, um desejo antigo da população e os recursos já estão garantidos. Investiremos R$ 1,3 milhão na execução da obra e o quanto antes voltarei aqui para tomar banho na água que sairá das torneiras”, garantiu.

A obra compreende uma Estação Elevatória de água tratada com vazão de 24 m³ por hora; adutora em tubos de ferro e PVC Vinilfer; reservatório elevado com capacidade de 200 m³; rede de distribuição com extensão total de 1.080 metros e execução de 450 ligações domiciliares.

“Essa população não tem água tratada nas torneiras e estamos aqui para compartilhar a alegria deste Governo em começar a realizar o sonho desses cidadãos. Em breve, Mata Limpa vai ter abastecimento de água com qualidade diariamente”, pontuou o secretário de Infraestrutura, Recursos Hídricos, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Deusdete Queiroga.

Rafael San com Secom

Homem cai e quebra perna em Shopping de Guarabira

Foto: Internet

Um homem identificado como Eduardo Machado, residente no bairros das Nações, em Guarabira, que segundo informações de testemunhas é funcionário de uma empresa que presta serviços de segurança ao shopping Cidade Luz, sofreu um acidente na manhã deste sábado (21).

Ainda segundo informações colhidas por nossa reportagem, o rapaz caiu do pavimento superior do referido estabelecimento, de um altura aproximada de 5 metros e teve fratura exposta no fêmur de uma das pernas.

A vítima foi socorrido por uma equipe do Corpo de Bombeiros de Guarabira para o Pronto Socorro de Fraturas e dada a gravidade do ferimento, deve ser removida para o Hospital de Trauma de João Pessoa.

Nossa equipe de reportagem  tentou falar com a direção do shopping, mas ninguém se pronunciou.

ManchetePB com Portal Independente 

Governador assina ordem de serviço em Areia; Tião Gomes comemora

Tião Gomes e Ricardo Coutinho

O governador Ricardo Coutinho visitou, neste sábado (21), o município de Areia onde assinou a ordem de serviço para implantação da adutora Mata Lima, um clamor popular aprovado no Orçamento Democrático Estadual.

O deputado estadual Tião Gomes, representante de Areia e região, disse que esta é uma reivindicação de longas datas e somente o governador Ricardo Coutinho teve a coragem de tocar o projeto que resolverá o problema da falta d’água de Mata Limpa, distrito importante do município de Areia. Segundo Tião, o investimento ultrapassa o montante de 1 milhão de reais.

“Hoje Areia pode dizer que tem um governador comprometido com as reivindicações do povo. Tenho orgulho de fazer parte desse projeto político que mudou a Paraíba”, vibrou Tião Gomes.

Ricardo Coutinho segue para o município de Esperança, onde participa da plenária do Orçamento Democrático Estadual da 3ª Região Orçamentária, ocasião em que vai autorizar licitação para pavimentação da travessia urbana de Esperança, dentro do programa Mais Trabalho II.

Rafael San

Porque decidi aceitar fazer a campanha do pré-candidato a deputado Célio Alves?

Encontro selou a parceria

Porque decidi aceitar fazer a campanha do pré-candidato a deputado Célio Alves?

Muitos, lamentavelmente e de forma unilateral, sem conhecimento de causa, irão já dizer: Porque ele paga.

Mas os que me conhecem, sabem que não sou mercenário. Sou movido a amor, causas nobres e justas. Sendo que na política, só represento quem acredito e quem quero!

Célio, um homem simples sem ser simplório.

Célio, um homem despido de vaidade, gente da nossa gente e que tem na sua voz a voz de muitos que nunca tiveram ou terão voz.

Célio, um homem que nasceu em Mari, que cedo conheceu as agruras do Nordeste, as agruras da vida.

Que já passou por aqui, por ali e por acolá. Célio, é da Paraíba que tanto ama, sem local certo. Fixou residência em Guarabira, mas é um nômada com morada fiscal.

Célio, cedo percebeu e teve que entender, que a vida não era fácil. Com 13 anos,  vendia picolés na rua, este, sabe o que é trabalhar. Não tinha cargo fantasma, o lugar dele era a vender picolés onde calhava. Aqui, ali e acolá.

Estudou, fez-se homem, aproveitou as faculdades cognitivas, como a inteligência e a voz.

Tirou o seu curso, o primeiro da sua humilde família a ir para a universidade, o primeiro a ser formado.

Mas a família deu-lhe muito mais que uma formatura, deu-lhe valores, que fazem dele um homem íntegro, honesto, coerente e competente. Sem medo dos oligarcas e sempre disposto a enfrentar os capitães donatários e os coronéis que lhe foram aparecendo pela vida.

Chegou a Secretário Executivo de Comunicação do Estado da Paraíba e a Presidente do PSB, de Guarabira. Onde, mais uma vez demonstrou competência, lealdade e que era e é um profissional exemplar.

Nunca se passeou nos areópagos da fama, nem foi protegido pelo poder político. Sempre humilde, como aquele moço que vendia picolés.

Um servidor por vocação, um inconformado por natureza. Um homem, que hoje é jornalista, radialista e jurista. Mas continua com o coração do menino que vendia picolés.

Não aceita, Senhores feudais, ele sabe que a Paraíba é de todos e não só de alguns.

Em conversa informal, diz-me o Célio: “Lourenço, não quero que os jovens da minha área, brejo paraibano, tenham de sair daqui como eu tive, na procura de um trabalho, de um sonho, de um destino, à sorte e por vezes sem sorte.  Tenho de fazer algo. Vou ser Pré Candidato a Deputado. Vou mudar a velha política, do abraço, da palmadinha nas costas, vou enfrentar homens poderosos e com dinheiro, eu só tenho a minha/nossa voz, inteligência e muita vontade de mudança.”

Este, é o Célio, jurista, radialista, jornalista, vendedor de picolés, aquele mesmo Célio, que mora aqui, ali e acolá.

Sei que já todos, até os mentecaptos, já entenderam porquê estou do lado de Célio. Porque acredito nele e quero fazer história com ele.

Já me alonguei em demasia no texto. Eu sou o Lourenço, que nem sou daqui, nem dali, nem dacolá. Sou do mundo. A minha pátria, é onde estou e onde me querem. Sou um paraibano com uma nacionalidade diferente.

Uma coisa é certa, vamos estar na luta. Nas ruas, no meio do povo que é povo como nós, jantaremos na rua, comeremos à mão, sentaremos no chão. Somos gente da nossa gente.

Depois de lerem um pouco do Célio, talvez, já entendam porque Célio merece a vossa confiança.

Queremos muitos vendedores de picolés ao nosso lado, vendedores de tudo, agricultores, serventes, domesticas, empregados, desempregados, jovens, velhos, meia idade, médicos, advogados, analfabetos. Todos seremos um só e Célio será a voz de todos.

Não sou eu que sou baixo, o Célio é que é alto! Deve ter sido dos picolés!

José Lourenço – (consultor natural de Porto, Portugal, com atuação em campanhas para o Parlamento Europeu)

STF arquiva investigação contra Aguinaldo Ribeiro na Lava Jato

Aguinaldo Ribeiro foi Ministro das Cidades no Governo Dilma Roussef

O ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal) decidiu arquivar investigação sobre sete parlamentares do Partido Progressistas (PP) e que envolviam repasses da empreiteira Queiroz Galvão ao diretório da legenda nas eleições 2010, investigados pela Operação Lava Jato.

O inquérito apurava o repasse de R$ 2,74 milhões “sob o disfarce de doações eleitorais oficiais” do grupo Queiroz Galvão ao diretório nacional para distribuição aos parlamentares candidatos à reeleição pelo PP.

Com a decisão, não serão mais investigados nesse inquérito os deputados Aguinaldo Ribeiro, Simão Sessim, Roberto Balestra, Jerônimo Goergen, Eduardo da Fonte, Mario Negromonte Júnior e Waldir Maranhão, que hoje está no PSDB.

Aguinaldo Ribeiro, Eduardo da Fonte e Arthur Lira e o senador Ciro Nogueira (PI) continuam sendo investigados por um outro repasse, de R$ 1,6 milhão envolvendo um suposto contrato fictício realizado em 2011. Nesse caso, Fachin concedeu prazo de 60 dias para que sejam feitas diligências pela Polícia Federal.

O pedido foi feito pela Procuradoria Geral da República, que argumentou que não havia indícios mínimos de prova para manter a investigação.

Também a pedido da PGR, Fachin determinou o envio das investigações o vice-governador do Rio de Janeiro, Francisco Dornelles, ao Tribunal Regional Federal da 1ª Região. À época dos fatos investigados, ele era presidente nacional do PP.

Segundo a Procuradoria, ele não tem foro privilegiado no Supremo, e a investigação deverá continuar na segunda instância da Justiça Federal.

ManchetePB com G1

Prefeitos se reúnem e definem o Raízes do Brejo edição 2018

Prefeitos e representantes de oito municípios da Região do Brejo da Paraíba (sendo que 9 fazem parte da Rota), estiveram reunidos na tarde desta quarta-feira (18) na Fazenda Flores zona rural de Serra da Raiz. Na pauta, a Rota Cultural Raízes do Brejo edição 2018.
Com a participação da diretoria do Fórum de Turismo do Brejo, os gestores aprovaram a entrada do município de Pirpirituba na Rota Cultural além de definirem para o dia 14 de setembro a abertura do Raízes do Brejo. A edição 2017 foi avaliada como de grande sucesso.
Estiveram presentes a prefeita de Serra da Raiz e anfitriã Adailma Fernandes, Joyce Renally (Duas Estradas), Renata Chris (Belém), Gilene Cândido (Borborema), Fabiano Pedro (Lagoa de Dentro), Didiu (Pirpirituba), além de representantes de Alagoinha e Dona Inês, faltando apenas de Pilõezinhos.
ManchetePB com Felipe Silva

Efraim Filho anuncia que 10 municípios paraibanos vão receber Cartão Reforma

Efraim Filho (DEM)

O deputado federal Efraim Filho (DEM/PB) confirmou que o Ministério das Cidades publicou na edição dessa segunda-feira (16) do Diário Oficial da União a portaria com o resultado da seleção de propostas para participação no Programa Cartão Reforma, lançado em março nos termos do Edital 001/2018.

Na Paraíba foram selecionados 12 projetos apresentados pelos municípios de Alagoa Grande, Bananeiras, Guarabira, Jacaraú, João Pessoa, Pombal, São Bento, Solânea, Sousa e Vista Serrana, totalizando R$ 9 milhões para beneficiamento de aproximadamente 1.580 famílias.

Os projetos aprovados para Bananeiras (conjunto residencial Major Augusto Bezerra), São Bento (conjunto residencial Belarmino Lúcio) e Solânea (conjunto residencial Centro/Comunidade do Baixio), estão entre os 10 municípios contemplados, onde serão aplicados quase R$ 3 milhões em favor de 450 famílias residentes nos conjuntos habitacionais selecionados.

O Programa Cartão Reforma, gerido pela Secretaria de Habitação do Ministério das Cidades tem como objetivo elevar a qualidade de vida urbana por meio de melhoria habitacional para famílias de baixa renda, sem necessidade de construção de novas unidades.

O deputado federal Efraim filho (DEM) destacou o projeto. “A medida visa atender principalmente a população residente em domicílios próprios, considerados inadequados, a solução proposta pelo Ministério são para melhoria de esgotamento sanitário, adensamento excessivo de moradores, cobertura inadequada, ausência de unidade sanitária domiciliar exclusiva, alto grau de depreciação ou obras não concluídas, além de estimular a atividade econômica, o comercio varejista local e a indústria de materiais de construção, ampliando as vendas no setor”, disse.

Os municípios não contemplados têm até amanhã para recorrer, enviando os recursos para o e-mail [email protected]

Rafael San

Bispo e padres acusados de desviarem dízimo deixam prisão

Bispo deixou a carceragem

Desembargadores aprovaram, por unanimidade, o habeas corpus do bispo Dom José Ronaldo Ribeiro e os outros padres presos na operação que apurou desvio de mais de R$ 2 milhões em dízimos da Diocese de Formosa. A decisão é de 13h20 desta terça-feira (17), e o alvará de soltura deve ser expedido até o final do dia.

A assessoria de imprensa do Tribunal de Justiça de Goiás (TJ-GO) confirmou ao G1 que os documentos estão sendo confeccionados. Depois, o documento será enviado ao Fórum de Formosa e, então ao presídio da cidade. O advogado do bispo, Lucas Rivas, disse que pautou a defesa em três pontos.

“[Argumentamos] Que não procedem as alegações de associação criminosa, que o dom Ronaldo não representa risco à instrução criminal e que também não representa risco à ordem publica”, declarou.

O julgamento era específico para um pedido feito pela defesa do bispo, mas, após sustentação oral de Rivas, os desembargadores decidiram estender a decisão ao restante do grupo. O advogado impetrou oito habeas corpus para pedir a soltura de Dom José Ronaldo.

Advogado dos outros sete detidos, Thiago Santos Aguiar de Pádua disse que as provas do MP-GO não se sustentam. “Daquela fumaça toda produzida pelo promotor e pelo juiz, fica clara a perseguição religiosa”, declarou.

Os desembargadores determinaram que o passaporte do bispo ficará retido, ou seja, ele está proibido de sair do país.

Prisões

Além de Dom José Ronaldo Ribeiro, o juiz eclesiástico Tiago Wenceslau, o monsenhor Epitácio Cardozo, três padres e dois empresários estão presos desde 19 de março apontados como envolvidos no esquema. Os oito estão em uma ala isolada do recém-inaugurado presídio da Formosa.

Cela dividida pelo bispo Dom José Ronaldo e outros presos em operação que apontou desvio de mais de R$ 2 milhões de dízimos da Diocese de Formosa (Foto: Douglas Chegury/Arquivo Pessoal)

A Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP) informouàs 14h ainda não ter sido comunicada sobre o habeas corpus.

O juiz Fernando Oliveira Samuel, da 2ª Vara Criminal de Formosa, determinou em 27 de março o bloqueio de bens dos seis clérigos, dois empresários e do secretário da Cúria. O limite é de até R$ 1 milhão por cada. Também foi autorizada a quebra do sigilo bancário e fiscal dos acusados.

Gestor temporário da Diocese de Formosa e arcebispo de Uberaba (MG), Dom Paulo Mendes Peixoto criticou o bispo preso e disse que recebeu “caixa vazio e com dívida”. A nomeação dele foi feita pelo Papa Francisco. Ele auxiliará nas atividades da paróquia da região até que seja nomeado um novo bispo.

Investigações

As investigações sobre o desvio de dízimo começaram no ano passado, após denúncias de fiéis. Eles afirmaram que as despesas da casa episcopal subiram de R$ 5 mil para R$ 35 mil desde a chegada do bispo Dom José Ronaldo, em 2015. Na ocasião, o clérigo negou haver irregularidades nas contas da Diocese de Formosa.

Segundo o MP-GO, o grupo se apropriava de dinheiro oriundo de dízimos, doações, arrecadações de festas realizadas por fiéis e taxas de eventos como batismos e casamentos. Escutas telefônicas autorizadas pela Justiça foram usadas na apuração. O grupo teria comprado uma fazenda de gado, carros de luxo e uma lotérica com os recursos.

A operação culminou com apreensões em Formosa, Posse e Planaltina. Durante as apreensões, foi encontrado dinheiro escondido em fundo falso de armário.

Dinheiro apreendido em fundo falso do guarda-roupa do vigário-geral de Formosa, em Goiás, durante Operação Caifás (Foto: TV Anhanguera/Reprodução)

Outras acusações contra o bispo

O advogado Lucas Rivas disse que não vai comentar as acusações que surgiram contra o bispo fora do processo. Entre elas, está o uso de cartões da Igreja para compra de bebidas alcoólicas. De acordo com boletim de ocorrência, houve gasto de R$ 4 mil indevidamente.

Boletim de ocorrência registrado por funcionário da diocese de Formosa Goiás (Foto: Reprodução/TV Anhanguera)

ManchetePB com G1-GO

Deputado defende Efraim Morais para vice e acusa PT de fazer a velha política

Efraim Filho (DEM)

Aliado fiel do governador Ricardo Coutinho (PSB), o partido Democratas tem um espaço praticamente sacramentado na chapa majoritária nas eleições de 2018. O deputado federal Efraim Filho, apesar de evitar falar sobre qual vaga seria de preferência do partido e o nome a ser colocado, sinalizou que seu pai, o presidente do DEM na Paraíba, Efraim Morais, pode ser o vice de João Azevêdo (PSB).

“Não se discute nomes agora, eu acredito que é hora de buscar espaços, um debate interno dentro dos partidos que compõe a nossa aliança. Um diálogo plural, coletivo, algo que vai ser construído. Não existe imposição, existe diálogo. Existem duas vagas na chapa, uma de senador e uma de vice-governador, que podem ser ocupadas pelo Democratas. […] Quem sabe Efraim Morais não dá aí um bom vice-governador ao lado de João Azevêdo”, declarou.

O líder do DEM na Câmara Federal ainda destacou o papel de destaque o partido vem ocupando nas últimas eleições, sendo, segundo ele, “o fiel da balança”. “O Democratas é um partido que tem envergadura política, vinte prefeitos na Paraíba. Vem sempre fiel da balança nas últimas eleições, ajudando a buscar seguimentos”, afirmou.

Alvo do PT, que veta na Paraíba participação de partidos adversários em campo nacional na sua chapa, como o DEM, o deputado federal Efraim Filho (DEM) classificou a postura da direção estadual petista de retrógrada.

“A velha política é a dos extremos e do isolamento. Esquerda versus Direita caiu com o muro de Berlim. A nova política é a do diálogo. Estamos nela”.

Rafael San