Leonardo Macena assume cadeira na Câmara de Guarabira

Leonardo Macena tomando posse

Com a nomeação de Raimundo Macedo (PSDB) para a Secretaria de Educação, o suplente Leonardo Macena (PPS) assumiu sua cadeira na Câmara Municipal de Guarabira a partir da sessão desta quinta-feira (2).

Leonardo teve 746 votos nas últimas eleições, sendo a segunda que participou.

Na Câmara, o ‘Menino de Ouro’, como ficou conhecido durante a campanha, disse que está pronto para o trabalho, voltando sua atuação parlamentar na defesa dos interesses do povo.

“Eu chego na Câmara pronto. Quero mostrar meu trabalho para Guarabira e honrar o voto dos que me conduziram a este momento. Em minha passagem por esta casa, me volto para o povo, quero ser mais uma voz na defesa dos guarabirense”, disse Leonardo na tribuna.

Macena já atuou em diversas áreas, desde a educação e mais recentemente, na saúde. Ganhou destaque em Guarabira quando assumiu a presidência do Conselho Tutelar, sendo homenageado na ocasião, pela Câmara de Guarabira com Voto de Aplausos.

Rafael San com Assessoria

Gilson Cândido volta a coordenar a UPA de Guarabira

Gilson Cândido

A Unidade de Pronto Atendimento de Guarabira tem novo coordenador administrativo. Gilson Cândido, que já teve passagem pela unidade, retorna ao comando administrativo da UPA de Guarabira nesta quarta-feira (1). Antes, a UPA é coordenada pelo empresário João Henrique Neto, que desenvolveu reconhecido trabalho à frente da unidade.

Gilson, que deixou a unidade para se candidatar a vereador nas últimas eleições pelo PSB, agradeceu a confiança do governador da Paraíba, pontuou que o grupo que dá sustentação ao Governo acatou sem problemas o seu retorno e demonstrou disposição em trabalhar para melhorar ainda mais da UPA.

“Agradecer mais uma vez a confiança do governador Ricardo Coutinho em nos permitir estar à frente da gestão desta importante unidade de saúde para Guarabira e região, e aos companheiros que fazem o grupo Girassóis que, sem ressalvas, aprovaram nosso retorno. Farei o melhor para que a UPA continue sendo referência no atendimento à população da região do Brejo, melhorando seus indicadores de qualidade diariamente”, enfatizou Gilson.

Os atendimentos

A Unidade de Pronto Atendimento de Guarabira (UPA) realizou em fevereiro 5.363 atendimentos, sendo destes 2.371 clínicos e 2.992 em pediatria. O quantitativo superou a meta estabelecida para a unidade em cerca de 20% e demonstra a importância da UPA no contexto de saúde no Brejo.

Além dos atendimentos, foram realizados mais de 3 mil procedimentos laboratoriais e de raio-x. O coordenador da unidade lembrou a relevância do investimento feito pelo Governo Estadual na manutenção dos serviços da UPA. “O governador Ricardo decidiu investir cerca de R$ 700 mil mensalmente na unidade para atender a população de Guarabira e região. Os números crescentes de atendimento ressaltam a importância dessa decisão”, falou.

A Unidade de Pronto Atendimento de Guarabira foi inaugurada em novembro de 2011, ainda no primeiro mandato do governador Ricardo Coutinho, e desde então é mantida com verba estadual.

Rafael San com Assessoria

OUÇA: Suplente toma posse alfinetando o ex-presidente Inaldo Júnior

Elias Asfora na tribuna

O suplente de vereador Elias Asfora Filho (PSDB), que assumiu uma cadeira na Câmara de Guarabira na tarde desta quinta-feira (2), na vaga deixada pelo vereador Lula das Molas (PSD), chamou a atenção não apenas pela posse, mas também por sua posição numa votação de voto de felicitações, proposto pelo vereador Zé Ismai (PHS).

A moção de felicitações apresentada por Zé era pela passagem do aniversário do ex-presidente da Câmara de Guarabira, Inaldo Júnior, que foi derrotado nas eleições passadas quando de se candidatou a vice-prefeito na chapa encabeçada por Fátima Paulino.

Quando a presidente da Câmara, Neide de Teotônio, colocou em votação a propositura e fez a pergunta clássica: “quem estiver a favor permaneça como se encontra e quem discordar que fique de pé”, rapidamente Elias se pôs de pé e apenas ele votou contra. Neide ficou meio incrédula, mas prosseguiu e registrou o voto contrário. No plenário e na plateia houve reação, alguns cochicharam sobre o voto do parlamentar.

Ao ser convidado a fazer uso da palavra na tribuna, Elias, que já havia proferido discurso por ocasião da posse, foi à tribuna apenas para justificar o seu voto.

“Eu quero dizer ao vereador Zé Ismail que ele fique ciente que eu não votei contra a sua pessoa. Todos requerimentos que forem apresentados nessa casa em favor do povo ou de felicitações a qualquer outra pessoa, vão ter o meu voto. Guarabira sabe e essa casa não precisa saber mais porque eu votei contra o voto de felicitações à pessoa que o senhor apresentou. A Justiça também já está tomando conhecimento disso. Eu tenho que honrar o nome daquele senhor ali, Elias Asfora (pai), que é o nome que eu carrego. Infelizmente o cidadão não honra sequer o nome do pai. Eu tenho pai dele como um pai pra mim, na fé. Então, vereador Zé Ismai, é somente isso, eu quero justificar o meu voto”, falou o vereador. 

A causa

A esposa de Elias foi funcionário de uma empresa de Inaldo Júnior por vários anos, mas ano passado foi demitida do emprego. Durante a campanha eleitoral passada, o prefeito Zenóbio Toscano, que disputava a reeleição, acusou o ex-presidente da Câmara de fazer empréstimo em nome de uma funcionária, sem que ela soubesse.

Rafael San com Jota Alves

Zenóbio aumenta número de funcionários em período eleitoral, atesta TCE

Zenóbio Toscano (PSDB)

Dados disponíveis no site do Tribunal de Contas do Estado da Paraíba revelam que a Prefeitura de Guarabira elevou o número de funcionários no período eleitoral e aumentou a folha de pagamento em mais de R$ 1 milhão, em relação ao mês de janeiro do mesmo ano.

Nos meses de agosto, setembro e outubro, o prefeito Zenóbio Toscano (PSDB), que disputou e venceu a reeleição, deixou a gestão com quase 2 mil funcionários, quando em janeiro o quadro funcional não chegava a 1.700 funcionários.

Passado o período eleitoral, o número de funcionários voltou a cair. Esses dados podem estar diretamente ligados a contratos temporários feitos pelo gestor durante a campanha eleitoral e a queda evidencia o descarte desses contratados, quando terminou a campanha.

No mês de janeiro de 2016, segundo o TCE, a Prefeitura de Guarabira gastou com R$ 3.052.422,96 com 1.691 funcionários, mesmo já tendo sido instituído o aumento do novo salário mínimo. No mês de agosto, já se contava 1.910 funcionários e gasto com a folha de R$ 3.917.673,70. No mês seguinte (setembro), com 1.913 funcionários a Prefeitura desembolsou R$ 4.096.765,79e em outubro, para pagar 1.911 funcionários, dos cofres públicos saíram R$ 3.761.400,22.

Em dezembro de 2016 a gestão já contava com bem menos funcionários; estavam lotados 1.863 e foram necessários recursos na ordem de R$ 5.798.409,02 para fazer face ao pagamento da folha de pessoal, isso contando com metade do 13º salário. A diferença de janeiro a dezembro do mesmo ano foi de R$ 2.745.987,00 o aumento de gastos com folha de pessoal.

O site do TCE-PB não mostra os gastos dos primeiros meses de 2017 para que possa ser feito um comparativo da evolução da folha.

Confira os gastos

Rafael San com Jota Alves

Léa Toscano assume Secretaria da Mulher em Guarabira

Lea Toscano

A ex-prefeita e ex-deputada estadual Léa Toscano foi anunciada, nesta quarta-feira (1), como a nova titular da Secretaria Municipal de Políticas para as Mulheres de Guarabira. Léa é esposa do prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) e mãe da deputada estadual Camila Toscano, também do PSDB.

Segundo a assessoria da prefeitura, o nome da titular da pasta foi revelado pelo prefeito Zenóbio Toscano (PSDB) durante a tarde de hoje. A solenidade será ás 9:30 horas, no Auditório da Secretaria de Saúde.

Embora tendo nome anunciado para ocupar a Secretaria da Mulher, no Diário Oficial do Município ainda não foi publicada a nomeação de Léa para o cargo na gestão do esposo.

Nas redes sociais, lideranças políticas que fazem oposição ao prefeito já questionam se a nomeação poderia ferir a lei anti-nepotismo, já que se trata da esposa do prefeito atual para ocupar uma secretaria.

Rafael San com Jota Alves

Prefeitos podem responder por lixões; microrregião de Guarabira tenta consórcio

Imagem ilustrativa

O decreto presidencial 7404, de 23 de dezembro de 2010, assinado pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, determinou o fim dos lixões no mês de agosto de 2015. Esse decreto está em vigor, embora tenha sido aprovada, no Congresso Nacional, uma Medida Provisória (MP) que prorroga o prazo para 2018. Até hoje, a MP não foi sancionada, o que pode colocar prefeitos em situação de vulnerabilidade para serem notificados por crime ambiental.

Os gestores pensavam que a MP em vigor prorrogaria o prazo para depois de seus mandatos, mas a situação é grave e os órgãos responsáveis vão começar a notificá-­los com multa e enquadramento em crime ambiental.

É o caso dos municípios de Guarabira e região que ainda não conseguiram resolver a situação, mesmo com a formalização de um Consórcio Regional. Foram realizadas várias reuniões para consolidação de um aterro sanitário, mas ainda sem êxito.

Durante as eleições de 2012, o prefeito de Guarabira, Zenóbio Toscano (PSDB), chegou a prometer em palanque a construção do aterro sanitário. Recentemente, o gestor municipal admitiu que só será possível com a colaboração de todas as cidades da microrregião de Guarabira.

A princípio, os prefeitos podem recorrer, porém, no futuro, responderão na Justiça pelo delito, que é inafiançável e poderá levá-­los à cadeia, mesmo tendo deixado os cargos. E o que é pior: sem direito a fórum privilegiado.

Um exemplo a ser seguido é o Cigres (Consórcio Intermunicipal de Gerenciamento de Resíduos Sólidos), que funciona em Olho D’água das Flores, no Sertão de Alagoas, e atende a 16 municípios da região.

As pesquisas realizadas pela Confederação Nacional dos Municípios (CNM) revelam um importante diagnóstico da gestão municipal de resíduos sólidos no que concerne às obrigações municipais da Política Nacional de Resíduos Sólidos.

A Política Nacional de Resíduos Sólidos reúne o conjunto de princípios, objetivos, instrumentos, diretrizes, metas e ações adotados pelo Governo Federal, isoladamente ou em regime de cooperação com Estados, Distrito Federal, Municípios ou particulares, com vistas à gestão integrada e ao gerenciamento ambientalmente adequado dos resíduos sólidos.

Rafael San com Correio da Paraíba

Reformada, Câmara retoma atividades analisando salários e redução de cargos

Câmara de Pilõezinhos

O presidente da Câmara Municipal de Pilõezinhos, Elisandro Vieira (PMDB), confirmou para esta quinta-feira, 23, às 20h, o retorno das atividades legislativas na Casa José Alves de Melo.

Com o plenário reformado, Sandro da Van, espera acolher melhor os populares, vereadores e a imprensa.

“Encontrei a Câmara sem condições de higiene. O ambiente estava horrível. O reboco caindo não servia mais, por isso, colocamos cerâmica em todas as paredes”, explicou Sandro.

Na pauta da Câmara, projetos do Poder Executivo serão apreciados. A prefeita Mônica Cristina enviou a Lei de atualização dos salários dos servidores, implantação do piso nacional dos professores e reformulação do quadro dos cargos comissionados, reduzindo e organizando o número de auxiliares da edilidade.

Rafael San

Ricardo alfineta Cássio: “quem era contra, hoje tira selfie nas águas”

Cássio e Temer

Em discurso contundente, proferido no início da tarde desta terça-feira (21), na cidade de Belém, no Agreste Paraibano, o governador Ricardo Coutinho alfinetou políticos paraibanos que sempre foram críticos às obras da transposição do Rio São Francisco, iniciadas no Governo Lula, mas que agora tiram selfie para se promoverem.

“Hoje é muito fácil alguém chegar – e alguns políticos aqui da Paraíba, que eram contra a obra, diziam que era cara de mais, que aquilo era conversa fiada – e tirar até selfie, com a água atrás, pra poder postar [nas mídias sociais] e dizer: – a água [da transposição] é minha. A água não é dele, é do povo. Porque foi o povo que colocou Lula na presidência para tomar essa decisão. E é o povo que paga o dinheiro para que essas obras sejam feitas”, disse o governador.

No final do mês passado, o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) tirou uma selfie junto com o presidente Michel Temer (PMDB) no canal que está trazendo água do Rio São Francisco para o Estado da Paraíba, gerando repercussão negativa para os dois políticos.

O governador Ricardo Coutinho elogiou o ex-presidente Lula pela coragem de ter iniciado as obras da transposição, as quais estavam quase concluídas na gestão da presidenta Dilma Rousseff, vítima de golpe de Estado, e que agora Michel Temer pretende inaugurar.

“Já ouvi muita conversa fiada na política desse país. Mas eu vi, sim, um presidente nordestino, saindo de um pau de arara desse Nordeste sofrido, chegando e dizendo: – nós vamos fazer essa obra da transposição que é fundamental para o Nordeste. Foi o presidente Lula que teve a coragem de chamar para si a responsabilidade, que desde a época de dom Pedro II se falava e ninguém fazia.”

Ricardo Coutinho esteve na cidade de Belém para inaugurar a adutora que liga a barragem de Pirpirituba à Estação de Tratamento de Água (ETA) que abastece os municípios de Belém, Caiçara e Logradouro. O governador também assinou a ordem de serviço para a construção de 100 casas populares, próximo ao distrito de Rua Nova, em parceria entre o Governo da Paraíba, a FEPAMOC, Caixa Econômica e Prefeitura de Belém.

Rafael San com Júnior Miranda

Ricardo inaugura adutora e autoriza construção de casas em Belém

Governador entregou adutora

Nesta terça-feira, 21, o governador Ricardo Coutinho foi ao município de Belém, onde inaugurou o sistema adutor Pirpirituba/Belém. A obra faz parte do calendário de inaugurações do Governo do Estado programado para os meses de fevereiro e março. Em seguida, o governador autorizou a construção de 100 unidades habitacionais. “É um prazer retornar a este local e poder trazer obras tão importantes para Belém. A Paraíba vem passando por grandes transformações e estamos fazendo do Estado uma referência para o país. Esse é o Governo que mais construiu adutoras, são mais de 1.100 km levando segurança hídrica para a população. A água é essencial para a dignidade do povo. Essa adutora traz água de Pirpirituba e garante o abastecimento para Belém, Logradouro, Caiçara e outras localidades. Também vamos construir um residencial com 100 casas para os moradores de Belém. Será um grande conjunto que vai gerar inicialmente emprego, depois perspectiva de uma vida mais segura, com um lugar digno para os moradores”, pontuou.

A adutora Pirpirituba/Belém vai beneficiar aproximadamente 22 mil habitantes das cidades de Belém, Caiçara, Logradouro e os distritos de Cachoeirinha e Braga (Município de Tacima). “Essa é mais uma obra que vai garantir segura hídrica para o povo dessa região, que tanto necessita de água”, disse o presidente da Companhia de Águas e Esgotos da Paraíba (Cagepa), Hélio Cunha Lima.

Governador assinou ordem de serviço de 100 casas

A presidente da Companhia Estadual de Habitação Popular da Paraíba (Cehap), Emília Correia Lima, expressou a satisfação de iniciar a construção deste residencial em Belém. “Muita gente não acreditava que essas seriam construídas, mas esse Governo é firme e mesmo diante das dificuldades, fomos superando as barreiras e hoje o residencial é uma realidade. As máquinas e trabalhadores já estão no local iniciando a construção das 100 casas que vão beneficiar os cidadãos de Belém”, falou.

“Esse Governo tem realizado muitos sonhos por toda a Paraíba. Só hoje, aqui em Belém entrega a adutora que resolve o problema da falta de água na região e ainda começa a realização do sonho da casa própria para 100 famílias. Esse dia ficará na memória do povo de Belém”, falou o presidente da Assembleia Legislativa da Paraíba, Gervásio Maia.

Rafael San

Ricardo vistoria obras do Cidade Madura e Contorno Rodoviário em Guarabira

Governador cobrou celeridade

O governador Ricardo Coutinho inspecionou, nesta terça-feira (21), o andamento das obras do Condomínio Cidade Madura e do Contorno Rodoviário João Pedro Teixeira, em Guarabira.

Em seu primeiro compromisso da agenda desta terça-feira, o governador vistoriou as obras do Condomínio Cidade Madura, na cidade de Guarabira, que deve ser concluído no próximo mês de março. Depois, foi ao Contorno João Pedro Teixeira, também em Guarabira, que representa um investimento de R$ 7,3 milhões e vai beneficiar mais de 58 mil habitantes. A obra possui 8 km de extensão, por onde devem passar diariamente cerca de 2.150 veículos. O Contorno está recebendo os serviços de terraplenagem em cortes e aterros, sistema de drenagem para águas pluviais e subterrâneas, bueiros, pavimentação em CBUQ, gramagem em taludes de aterros, paisagismos e sinalização horizontal e vertical.

Obras estão em ritmo acelerado

“O Contorno João Pedro Teixeira é a maior obra viária de Guarabira e está sendo feita toda com recursos estaduais. A obra custa R$ 8 milhões e até junho deve estar pronta. Visitamos também as obras do Condomínio Cidade Madura, que agora em março devemos inaugurar, trazendo dignidade para os idosos de Guarabira. Vamos construir aqui também a Escola Técnica de Guarabira. O terreno infelizmente foi invadido, mas isso será resolvido e faremos uma bela escola que oferecerá formação técnica em tempo integral para os jovens da região”, comentou o governador.

Rafael San