Ricardo ‘assina’ carteira de temporários da Educação via Gestão Pactuada

O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho, efetiva, na próxima segunda-feira, a política de Gestão Pactuada de serviços da Educação, via organização social selecionada pelo Estado.

Em solenidade, Ricardo vai assinar as carteiras dos trabalhadores contratados (temporários) da regional de ensino de João Pessoa.

As duas empresas vencedoras do edital, Ecoos e Insaúde, já estão fazendo o processo de regularização dos trabalhadores.

O Governo vai investir nesta ação pelo viés da garantia da estabilidade funcional, coisa que os atuais servidores, vinculados por contratos precários, não têm.

Na PB, mulher abandona bebê numa fossa e joga pedras por cima

Bebê está aparentemente saudável

Uma mulher de 25 anos foi presa no Junco do Seridó, a cerca de 320 km de João Pessoa, no Sertão paraibano, por tentativa de infanticídio e abandono de incapaz. Segundo a Polícia Militar, a mulher deu à luz a um menino, sozinha, dentro do mato, na madrugada da última quarta-feira (30). Em seguida, ela amamentou a criança e a abandonou em uma coberta dentro de uma fossa, no bairro Santo Antônio, jogando pedras por cima.

Ela já é mãe de três filhos e escondeu a gravidez da família. Em depoimento, disse à polícia que estava com medo de ser expulsa da casa onde mora com os pais, irmãs, filhos e sobrinhos.

A polícia disse ainda que a criança só foi encontrada porque moradores ouviram o choro do menino. A mulher foi encaminhada para o Presídio Feminino de Patos, onde deverá permanecer à disposição da justiça, que já determinou que ela deverá passar por exames psicológicos que atestem sua sanidade.

“O bebê foi resgatado por uma enfermeira, diretora do hospital local, que o levou para a unidade para prestar os primeiros socorros. Nós continuamos à procura da mãe, que estava desaparecida desde a terça-feira e apareceu nesta sexta (1º), dizendo que tinha abortado e deixado o feto no local”, disse o cabo Damião Barbosa.

O policial explicou que recebeu a ocorrência na manhã desta sexta (1º), por volta de 11h30. “Nós estávamos realizando rondas e veio um mototáxi informar que tinha encontrado um recém-nascido em uma fossa, por trás de uma rua que dá saída para o Sítio Carneiro. Como a irmã da mulher já tinha ido à delegacia falar do desaparecimento, nós fomos até a casa dela e a levamos para depor. Ela confessou tudo. Antes de abandonar a criança, ainda amamentou. Jogou ele enrolado numa coberta, nessa fossa com aproximadamente 1,5 metro de profundidade. E ainda jogou umas pedras por cima”, afirmou Barbosa.

O delegado Ronies Fernandes Feitosa está à frente do caso. A criança é aparentemente saudável e continua internada para passar por exames clínicos. A Justiça deve determinar se alguém da família está apto para criar o menino, caso contrário, ele será encaminhado para adoção.

Rafael San com Correio da Paraíba

Ex-prefeito de Borborema é condenado a quatro anos de prisão

Zé Maranhão

O ex-prefeito de Borborema José da Costa Maranhão foi condenado pela Justiça Federal a quatro anos e seis meses de prisão. A sentença foi publicada nesta sexta-feira (01/9) no diário da Justiça. Ele é acusado pelo Ministério Público Federal (MPF) de ter desviado verbas públicas federais do Convênio n.º 203/2001 firmado com o município de Borborema para a construção de módulos sanitários.

Para a execução do objeto conveniado, foi recebida a quantia de R$ 261.222,23, porém, constatou-se que somente a importância de R$ 233.956,65 foi, de fato, aplicada, resultando na construção de apenas 206 módulos sanitários. Verificou-se, portanto, a não edificação de 23 módulos sanitários e o consequente desvio dos recursos remanescentes, no caso, o montante de R$ 27.266,30.

De acordo com o MPF, os acusados, a fim de alcançar a finalidade pretendida, valeram-se da empresa FB Construções Ltda., constituída inicialmente por Benedita Zelma de Lima e Francisco Robério de Lima, sendo, em seguida, este último substituído por Karoline Michely Cabral, os quais eram, respectivamente, irmãos (os dois primeiros) e filha do acusado Saulo José de Lima, o que evidenciou a formação de quadro societário de “fachada”, com o intuito de eximir os verdadeiros administradores de eventual responsabilidade por práticas ilícitas.

“No tocante ao réu José da Costa Maranhão, não há dúvidas sobre a sua participação no desvio das verbas federais ora analisadas. Além das suspeitas de que teria utilizado parte do dinheiro que deveria ser empregado na construção dos módulos sanitários para pagamento de dívida de campanha que mantinha com o ex-prefeito do Município de Cubati, Sr. José Ibiapina, vulgo “Biruca”, escreveu na sentença o juiz Tercius Gondim Maia, da 12ª Vara Federal.

Rafael San com Os Guedes

Encontrado celular do Pe. Pedro em poder de uma pessoa ligada ao acusado do crime

Aparelho foi levado na noite do crime

Nesta quinta-feira (31/8), os investigadores encontraram o celular pertencente ao padre Pedro Gomes Bezerra, assassinado em Borborema na última quarta-feira (23/8).

O Smartphone modelo Moto G2 foi localizado no município de Baraúna (PB) com o filho de um homem que trabalha para o avô de Lucas, um dos acusados de ter executado o sacerdote.

Segundo o que apurou o ManchetePB, o menor apreendido nesta terça-feira (29/8) já havia formatado o aparelho e repassado como pagamento de uma dívida. A localização do objeto praticamente sacramenta a participação de Lucas Sales Jerônimo, 18 anos, que encontra-se foragido.

A polícia acredita que o crime foi premeditado e que os acusados foram para roubar e matar, descartando totalmente a primeira versão apresentada pelo menor que insinuou ato sexual.

Mais informações a qualquer momento.

Rafael San

Lira revela articulação para unir Maranhão e Ricardo

Maranhão, Ricardo e Lira

Em 2016, o senador Raimundo Lira (PMDB) defendeu a aliança entre o PMDB e PSB para as eleições em João Pessoa. Hoje, um ano após as convenções municipais, o peemedebista vê com 80% de chance a formalização da chapa visando a disputal eleitoral em 2018.

Na tarde desta quinta-feira (31), Lira afirmou que tem mantido conversas tanto com o senador José Maranhão, quanto com o governador Ricardo Coutinho.

“Há mais de um ano que eu venho trabalhando nesse sentido, de criar as condições de uma aproximação entre Maranhão e Ricardo. Agora estou vendo que há uma possibilidade dessa união ser viabilizada. Tenho conversado com Maranhão quase que diariamente e com Ricardo conversei demoradamente em julho na Granja, na oportunidade ele me expressou claramente o conceito positivo em relação a Maranhão”, pontuou.

De acordo com o peemedebista, ainda não há como definir quem poderia ser um possível candidato, já que ambas legendas apresentam nomes.

“Podemos fazer qualquer entendimento agora já com condições estabelecidas. Mas antes temos que iniciar o processo de negociação. Essa alternativa não vai ser discutida agora, até porque o PSB tem uma que é João Azevedo e o PMDB tem uma que é de Maranhão”, declarou.

ManchetePB com MaisPB

Morte do padre foi premeditada para roubar a igreja, diz delegado

Matriz de Borborema

A morte do padre Pedro Gomes Bezerra, assassinado no dia 23 deste mês com 29 facadas dentro da casa paroquial no município de Borborema, no Brejo paraibano, a 135 quilômetros de João Pessoa, foi premeditada pelos executores. A informação foi confirmada nesta quinta-feira (31) pelo delegado que investiga o caso, Diógenes Fernandes.

Conforme o delegado, o primeiro depoimento feito pelo adolescente de 15 anos relatou que o padre havia tentado praticar sexo com ele e com o ex-coroinha de 18 anos, também suspeito do crime, e que esse teria sido o motivo para o assassinato do padre. Porém, essa tese foi descartada.

“O adolescente prestou um segundo depoimento, longo e com detalhes do crime, e esse relato é o que se encaixa na nossa investigação. Não houve tentativa de ato sexual como motivo do crime, mas sim que a morte do padre foi premeditada pelo ex-coroinha que assassinou a vítima para roubar o cofre da igreja, que estava na casa paroquial. O que frustrou os suspeitos foi que o cofre estava vazio e eles não conseguiram roubar nada”, contou o delegado.

Dr. Diógenes

Ainda segundo o delegado, a tese de que o ex-coroinha se aproveitou da amizade que tinha com o padre para ter acesso ao local do crime também foi confirmada em depoimento do adolescente.

Agora, a expectativa da polícia e encerrar o inquérito sobre a investigação do crime até o dia 23 de setembro, prendendo ou não o ex-coroinha.

“O ex-coroinha, que completou 18 anos cinco dias antes de praticar o crime, continua foragido e temos recebido informações de onde ele estaria escondido, mas quando checamos não conseguimos localizá-lo. Nosso objetivo maior quanto Polícia Civil é identificar autores e fechar a autoria do crime, o que praticamente foi feito. Claro que se a prisão do ex-coroinha acontecer novos elementos podem surgir, com até a participação de uma terceira pessoa, mas estamos bem encaminhados com o inquérito e devemos fechá-lo até o dia 23”, concluiu o delegado.

Rafael San com Correio da Paraíba

Suspeito de vender drogas no cartão de crédito é preso em Campina Grande

Maquineta de cartão de crédito, arma, pedras de crack e balança de precisão foram apreendidos

Um homem de 37 anos foi preso nesta quarta-feira (30) no bairro das Cidades, em Campina Grande, suspeito de vender drogas no cartão de crédito. De acordo com o delegado Victor Melo, da Polícia Civil, o preso confessou que era “uma maneira de aumentar o lucro da boca de fumo”.

Ainda segundo o delegado, durante a ação foram encontrados na casa do homem uma arma de fogo, uma maquineta de cartão de crédito, pedras de crack, uma balança de precisão e sacos plásticos utilizados para embalar a droga.

A polícia suspeita que, além de vender, ele seria o responsável por vigiar os pontos de venda de drogas nos bairros das Cidades e Catingueira. Alguns fogos de artifício também foram encontrados na residência do suspeito. Eles eram utilizados para alertar sobre a presença da polícia na área.

O preso foi encaminhado para a Central de Polícia para lavratura do flagrante e vai responder pelos crimes de tráfico de drogas e posse ilegal de arma de fogo.

ManchetePB com G1

“Distritão é um atentado à representação popular”, protesta deputado

João Bosco Carneiro Jr (PSL)

O deputado estadual João Bosco Carneiro Júnior (PSL) defendeu nesta quinta-feira (31/8) a manutenção do sistema eleitoral proporcional atual, ao criticar tentativa do Congresso Nacional de aprovar o “distritão”; modalidade que elegerá os mais votados em cada Estado da Federação. “Sou favorável ao sistema proporcional atual porque possibilita a eleição de representantes das minorias“, sustentou o parlamentar natural de Alagoa Grande.

Na minha opinião a reforma politica deve acontecer para evitar o abuso econômico e de poder. Dar legitimidade a representação popular através de medidas que garantam a igualdade de condições na disputa e transparência. O distritão favorece os atuais detentores de mandato e esses tentam induzir o povo que é melhor porque vão ser eleitos os mais votados pelo povo“, sentenciou João Bosco Carneiro Júnior.

O deputado ainda pontuou que o distritão misto é um atentado ao pluralismo partidário, princípio constitucional. Seria também à criação de uma ditadura de partidos.

Rafael San

Ex-prefeito de Solânea sofre condenação por irregularidades em convênio federal

Beto Brasil

O Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF-5) julgou procedente a ação contra o ex-prefeito da cidade de Solânea, Beto Brasil, além de Marcos Tadeu Silva e Carlos Hermano Pereira de Assis, por desvio de verbas públicas federais na execução de um convênio firmado entre o referido município e a Fundação Nacional de Saúde (FUNASA).

Na ação, o TRF-5 alegou que durante a gestão de Beto Brasil foram desviados recursos destinados à construção de melhorias sanitárias para a população carente, elemento diretamente relacionado aos direitos sociais de moradia e saúde inerentes a cada pessoa.

Conforme a denúncia, com a ausência de investimentos diretos, a população que seria beneficiada com as melhorias, continuou residindo em moradias dos bairros Piçarreira, Bela Vista, Conjunto Padre Cícero e bairro Baixio, desprovidos de ambientes com instalações adequadas à higiene pessoal, favorecendo a proliferação de doenças.

A pena foi fixada em quatro anos e seis meses de reclusão a ser cumprida em regime semiaberto. Além da suspensão por cinco anos da nomeação ou eleição dos mesmos em cargos públicos.

A redação tentou contato com o ex-gestor a fim de ouvi-lo, mas não obteve êxito.

ManchetePB com Blog do Ninja

Ricardo Coutinho confirma concurso para contratação de professores

O governador Ricardo Coutinho confirmou nesta quarta-feira (30), ao Correio Debate da Rede Correio SAT, que o Estado vai promover concurso público para contratação de professores ainda este ano.

Segundo o governador, o concurso vai ocorrer até o fim deste ano para que exista tempo de os professores assumirem o cargo antes do início das aulas do ano letivo de 2018.

“[Iremos fazer o concurso] para que no início das aulas [de 2018] a gente já tenha a posse dos professores. Vou fazer o concurso com o número de vagas que o Estado consiga pagar. O concurso vai ser ainda este ano”, afirmou o governador.

Rafael San/Correio da Paraíba