Após anunciar que dará início a um novo processo de seleção para Organizações Sociais que desejem gerir a Saúde da Paraíba, principalmente no que diz respeito aos Hospitais de Trauma, o governador João Azevêdo revelou durante solenidade na manhã desta sexta-feira (08) que empregará regras mais rígidas para esta seleção.

Segundo o governador a gestão lançará até o dia 15 um decreto que fixará essas regras com relação à contratação de organizações sociais na área da Saúde no estado.

“Esse decreto irá regulamentar toda essa operação e serão colocadas novas exigências, que entendemos serem necessárias para melhorar o controle, a qualidade e eficiência desse trabalho”, disse.

Azevêdo revelou ainda sobre a situação da Cruz Vermelha, que está sendo investigada por supostas fraudes. O gestor ressaltou que caso seja comprovado que a entidade realizou uma gestão ineficiente no estado, ela ficará de fora da seleção.

“Se o relatório apontar que houve uma gestão deficiente por parte da Cruz Vermelha, ela não poderá mais participar da seleção, caso não se identifique, ela estará habilitada” pontuou.

Valelânio Benjamim – ManchetePB