O clima foi de tensão no Centro de Treinamento do São Paulo após a derrota do clube no clássico contra o Corinthians pelo Campeonato Paulista. Um grupo de torcedores seguiu ao local na noite deste domingo para protestar contra o péssimo desempenho do time na temporada.

A polícia foi chamada para acalmar os ânimos. Os agentes conversaram com os torcedores para manter a ordem e não interditar a Avenida Marquês de São Vicente, local da porta principal do CT do Tricolor. Ainda assim, algumas bombas foram usadas pelos policiais contra alguns são-paulinos.

A ideia inicial dos torcedores era aguardar o ônibus com os atletas. No entanto, a informação que surgiu no CT, segundo a Fox Sports, é que a maioria dos atletas deixou o estádio do Corinthians direto para as suas residências.

A crise no São Paulo se intensificou depois da eliminação na semana passada contra o Talleres na Copa Libertadores da América. A torcida Independente prometeu, a partir de agora, cobrar de forma intensa o elenco por melhores resultados.