Adriana chora ao reconhecer a mãe em cena de ‘O Outro Lado do Paraíso’

Duda (Gloria Pires) será rejeitada por Adriana (Julia Dalavia) após a verdade sobre seu passado vir à tona em O Outro Lado do Paraíso. Ao saber durante o julgamento da mãe que ela fingiu estar morta para escapar de uma acusação de assassinato, a jovem advogada dirá que sente ódio e mágoa pelos anos em que passaram afastadas. “Não tinha o direito de me abandonar”, desabafará.

Após ser advogada de defesa de Duda e só reconhecê-la ao saber de toda a história do acidente de lancha forjado, Adriana verá a mãe ter um princípio de AVC (Acidente Vascular Cerebral) no meio do tribunal e a acompanhará até o hospital onde será internada.

A moça não conseguirá ter uma conversa séria com a dona do bordel, mas revelará a Jô (Bárbara Paz) e Henrique (Emílio de Melo) seus sentimentos sobre o caso.

“Não ama sua mãe?”, perguntará o pai da jovem. “Amar? Eu tenho mágoa. Talvez ódio. Ela não tinha o direito de me abandonar todos esses anos. Deixar uma filha crescer sozinha, em nome de seu próprio medo de ser presa?”, falará Adriana.

“Está certa, minha neta. Não deve perdoar sua mãe”, incentivará Natanael (Juca de Oliveira), que forjou a morte de Renan (Marcello Novaes) para incriminar Duda e forçá-la a aceitar a desaparecer de um falso acidente no mar.

Em seguida, a advogada irá desabafar com Clara (Bianca Bin). “Eu me sinto traída. Minha mãe desapareceu anos e anos, fingiu que estava morta. Me abandonou. Não é fácil de engolir. Nenhum motivo é suficiente para abandonar uma filha”, arfimará.

Para tentar sensibilizar a jovem, Clara dará a ela sua boneca da infância, que Duda havia guardado.

“Quando foi presa, ainda no hospital, ela pediu para Leandra entregar essa boneca ao Renato. Pediu que a boneca fosse entregue a mim. Ela quis salvar a boneca porque era o único laço que restava com você. Sua lha. Ela nunca deixou de amá-la, Adriana. Nunca”, dirá a protagonista.

A tensão entre as duas se agravará após a morte de Natanael, que terá um ataque durante uma discussão com Duda. “Ele teve o ataque que você provocou”, acusará Adriana. “Não, filha, não”, tentará se defender a dona do bordel. “Não me chame de filha. Você foi responsável pela morte de meu avô. Eu nunca vou perdoá-la. Nunca!”, disparará a advogada.

As cenas vão ao ar a partir desta terça-feira (23).