Sao Paulo v Corinthians - Copa Bridgestone Libertadores 2015Emerson Sheik não terá seu contrato renovado com o Corinthians. O atacante, herói da conquista da Libertadores de 2012, deixará o Timão no dia 31 de julho. Mas já está liberado para acertar com qualquer outra equipe, tanto do Brasil quanto do exterior. Além de Sheik, o presidente do Timão, Roberto de Andrade, confirmou em entrevista coletiva que não irá renovar com o atacante Paolo Guerrero.

Apesar de saber que não ficará no clube, Emerson continuará sendo relacionado para as partidas do Corinhtians. Mas a partir deste domingo, contra o Fluminense, ele não será mais titular.

Leia mais
São Paulo sonda colombiano, mas presidente destaca contrato
Advogada de Robinho admite ofertas, mas nega acerto com Flamengo
Dunga chama Felipe Anderson e volante Fred para amistosos

A ideia é que ele não faça mais de seis jogos no Brasileiro e possa, desta forma, jogar por outro time do país na competição. Ou seja, ele pode ser utilizado apenas em mais quatro partidas.

“Não vou escalar ele no início das partidas porque preciso pensar na formação da equipe para o futuro do campeonato. Mas se numa condição de jogo exigir a presença do Emerson, vindo do banco, eu vou utilizar”, disse o técnico Tite.

Sheik ainda não sabe onde irá jogar no segundo semestre. Antes da eliminação na Libertadores o Timão tinha intenção de renovar o contrato do atacante por mais seis meses. A expulsão diante do São Paulo, que o tirou dos jogos diante do Guarani do Paraguai, foi o fator chave que fez a direção alvinegra desistir de manter o jogador.

IG