Jovem tinha 14 anos
Jovem tinha 14 anos

Danielle Formosa, de 14 anos, vivia em um orfanato em Sunderland, região central do Reino Unido. A garota se matou enforcada dentro de seu quarto. O suicídio ocorreu meses depois de Danielle ter sido abusada sexualmente pelo criminoso, chamado Kevin Palmer, de 41. Danielle foi encontrada no seu quarto pelo gerente do orfanato, David Grayson.

O episódio aconteceu duas semanas após a amiga de Danielle, Sarah Clerkson, também de 14 anos, tirar a própria vida de maneira brutal. Sarah também se matou enforcada, no meio de uma festa para adolescentes em que Danielle estava presente.

Sarah não deixou explicações sobre sua morte, e a polícia desconfiou que teria sido motivada por drogas. Já Danielle deixou uma carta de suicídio, em que citava a perda da amiga, Sarah, e contava a história de como foi abusada por Kevin Palmer.

A carta estava colocada sobre sua cama. OS funcionários do orfanato disseram que a garota se mostrava uma pessoa “sensível, inteligente, agradável e educada”, e que nunca tinha falado sobre o abuso sofrido. Mas Danielle tinha problemas em casa, e foi esse detalhe que a polícia divulgou agora, dois anos após sua morte, em 2013. Ela foi enviada ao orfanato após denúncias de maus-tratos e até de abuso sexual cometido pelo pai dela, com a cumplicidade da mãe. Stephen Mason, do serviço de proteção à criança no Reino Unido, chegou a dizer que Danielle teria sido explorada sexualmente pelo pai dela — o que a polícia ainda está investigando.

R7