Impostos pagos pelos brasileiros batem R$ 2 tri pelo segundo ano

O total de impostos pagos pelos brasileiros em 2016 atingiu R$ 2 trilhões na noite de quinta-feira (29), dois dias antes de terminar o ano. Os dados são do Impostômetro da ACSP (Associação Comercial de São Paulo), sistema que estima quanto de tributo foi pago aos governos federal, estaduais e municipais.

É a segunda vez na história do Impostômetro que a marca de R$ 2 trilhões é atingida. A primeira foi no ano passado, no dia 30 de dezembro. Ou seja, o valor foi atingido um dia mais cedo em 2016.

A projeção é que o ano termine com arrecadação de R$ 2,004 trilhões.

Recessão e inflação
Segundo Alencar Burti, presidente da ACSP e da Facesp (Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo), o Impostômetro chegou novamente aos R$ 2 trilhões, apesar da forte recessão deste ano, devido à inflação no período.

Com preços mais altos, os valores arrecadados em tributos também crescem, já que incidem sobre os preços finais.

“Para 2017, esperamos uma inflação menor e um nível de atividade (econômica) maior, o que deve beneficiar a arrecadação, sem necessidade de aumento de impostos”, afirma.

Impostômetro
O painel do Impostômetro foi inaugurado em 20 de abril de 2005 e está instalado no prédio da sede da ACSP, no centro de São Paulo.

Os dados também podem ser acessados pela internet, pelo site: https://impostometro.com.br/

O sistema informa, ainda, o total de impostos pagos desde janeiro do ano 2000 e faz estimativas de quanto será pago até o fim do ano.

COMPARTILHAR