Operação teve início na madrugada desta quinta-feira (21) em três cidades do Brejo paraibano (Foto: Sílvia Torres)
Operação teve início na madrugada desta quinta-feira (21) em três cidades do Brejo paraibano (Foto: Sílvia Torres)

As Polícias Civil e Militar prenderam quatro pessoas, de 29, 30, 45 e 60 anos, durante a Operação “Fachada”, que foi deflagrada na manhã desta quinta-feira (21) em três cidades do Brejo da Paraíba. De acordo com o delegado Walber Virgolino, da 8ª Delegacia Seccional de Polícia Civil, sediada em Guarabira, os presos são suspeitos de integrar uma quadrilha de tráfico de drogas e praticar outros crimes na região. Entre os detidos estão um homem que foi condenado a 14 anos de prisão.

A operação teve o objetivo cumprir oito mandados de busca e apreensão e dois de prisão. A ação também tem o intuito de reprimir os crimes patrimoniais, a associação ao tráfico e porte ilegal de arma de fogo e aconteceu nas cidades de Mulungu, Araruna e Caiçara. Três dos quatro envolvidos foram presos em flagrante, e pelo menos um homem ainda é procurado pelos policiais.

No município de Mulungu, os policiais prenderam Raimundo Antônio de Medeiros, de 29 anos, com arma, e Josivan Lima, de 36 anos. Com ele, a polícia encontrou botijões que eram vendidos de forma irregular. Já em Caiçara, João Soares de Lima, de 60 anos, foi preso através de mandado de prisão.

Cerca de trinta minutos antes da operação começar, segundo Walber, Severino Sebastião Hortêncio, de 45 anos, foi preso em Araruna. Ele estava na rua quando foi identificado pelos policiais que se organizavam para realizar a operação. O criminoso havia sido condenado a 14 anos de prisão em regime fechado pelo crime de roubo, e estava foragido da Justiça.

Ainda conforme o delegado, participaram da operação cerca de 50 policiais. Além das pessoas presas, a polícia apreendeu uma arma e outros objetos, como botijões de gás de cozinha, pneus e equipamentos de som para carros, que podem ter sido roubados em ações dos suspeitos.