Vítima chega à Gerência de Polícia do Interior para prestar depoimento (Foto: Beto Marques/G1)
Vítima chega à Gerência de Polícia do Interior para prestar depoimento (Foto: Beto Marques/G1)

Uma garota de 14 anos foi vítima de um estupro coletivo na cidade de Pajeú do Piauí, distante 460 km de Teresina, no Sul do estado. De acordo com a polícia, quatro pessoas são suspeitas de participação no crime, entre elas, três adolescentes. O crime ocorreu na noite dessa terça-feira (7) em um ginásio poliesportivo e, segundo a polícia, a menina foi encontrada desacordada pela madastra em um dos banheiros do local, que ainda chegou a flagrar o ato criminoso.

De acordo com o delegado Willame Morais, gerente de policiamento do interior, a menina relatou que conhecia um dos suspeitos e já teria tido um relacionamento com ele. Ainda conforme o delegado, um dos rapazes ofereceu coca-cola à garota e ela disse não lembrar do que aconteceu após tomar o refrigerante. Em depoimento à polícia, os suspeitos falaram que ofereceram bebida alcoólica e que o ato sexual teria sido consentido.

“Nós temos aí uma garota de 14 anos, possivelmente sob efeito de bebida alcoólica ou outra substância, fatos que por si só já caracterizam o estupro”, falou o delegado.

Segundo relato de uma testemunha, que não quis se identificar, a madastra comentou que a menina saiu de casa por volta das 16h de casa para ir ao ginásio. Às 18h30, a mulher percebeu que a enteada estava demorando e resolveu ir procurá-la. Ao chegar ao ginásio, a madrasta flagrou a menina ser estuprada e ainda tentou segurar um dos rapazes, mas todos conseguiram fugir pulando o muro do local. A adolescente estava desacordada.

Ainda na noite de terça-feira a menina foi encaminhada para Teresina para ser submetida a exames e na manhã desta quarta-feira (8) recebeu atendimento no Serviço de Atenção a Mulheres Vítimas de Violência Sexual (Sanvis) na Maternidade Dona Evangelina Rosa.

Vítima e familiares irão prestar depoimento a uma delegada na Delegacia Geral ainda nesta quarta. Os três adolescentes foram apreendidos e o adulto detido. Todos estão na delegacia de Canto do Buriti.

Do G1 Piauí