Ozilene era alcoólatra, mas nos últimos meses apresentava sinais de recuperação, segundo a família (Foto: Fábio Ferreira)
Ozilene era alcoólatra, mas nos últimos meses apresentava sinais de recuperação, segundo a família (Foto: Fábio Ferreira)
Cama em que a vítima dormia no momento do incêndio
Cama em que a vítima dormia no momento do incêndio

Uma mulher foi encontrada morta carbonizada por volta das 7h desta quarta-feira (20), na zona rural da cidade de Araçagi. De acordo com informações da polícia, as circunstâncias apontam uma morte acidental e as suspeitas são de que a queda de uma vela, que estaria acesa dentro do quarto da vítima, teria provocado o incêndio.

Segundo o agente de investigação da Polícia Civil, Tarcísio Norberto, o corpo de Ozilene Lucas dos Santos, de 45 anos, foi encontrado pela mãe quando ela levava o café da manhã para a filha em sua residência, no sítio Canafistinha. Ela estava entre a sala e o quarto.

Conforme a mãe, ela dormia na sala e morava sozinha. Severina Santos disse ainda que a filha tinha o hábito de acender velas à noite para ler e rezar e, possivelmente, uma delas caiu e ocasionou o incêndio. A cama, o sofá e a parede da sala ficaram queimados. Havia velas e fósforo próximos ao local onde o corpo foi encontrado.

Foi feita a perícia no local e o corpo removido para o Instituto de Polícia Científica, em Guarabira, para ser necropsiado. “Após o resultado, é que nós iremos ter uma linha investigatória”, explicou o agente. A mulher foi sepultada ainda na quarta, no cemitério local.