Uma mulher foi presa na noite da quarta-feira (11), suspeita de não denunciar o companheiro que teria agredido o filho dela, na zona rural de Alagoa Grande, no Agreste da Paraíba. Segundo informações da Polícia Militar, a criança, que tem 11 anos, teria sido arremessada contra uma cerca de arame farpado pelo homem.

A PM contou que os familiares da mulher informaram que ela sabia das agressões, mas não repreendia o companheiro e nem denunciou o caso. Na terça-feira (10), o suspeito também teria espancado um sobrinho de 2 anos de idade.

O homem que teria agredido o menino fugiu. De acordo com a polícia, ele cumpre pena no regime semiaberto pelos crimes de estupro de latrocínio. Como deixou de comparecer à penitenciária, é considerado foragido da Justiça.

O conselho tutelar da cidade foi acionado para dar assistência ao caso. A mulher foi encaminhada para a Delegacia de Alagoa Grande. A imprensa tentou entrar em contato com a Polícia Civil na cidade, mas as ligações não foram atendidas.

Do G1 Paraíba