Naldo é liberado após ser preso por agressão e porte ilegal de armas

Naldo teria dado socos, chutes e puxões de cabelo em sua esposa (Foto: Divulgação/Instagram)

O cantor carioca Naldo Benny, nome artístico de Ronaldo Jorge da Silva, foi preso nesta quarta-feira, dia 6, por porte ilegal de armas. Porém, foi liberado após o pagamento de fiança, de valor não informado.

Segundo comunicado divulgado pela assessoria de imprensa da Polícia Civil do Rio de Janeiro, agentes da Delegacia de Atendimento à Mulher de Jacarepaguá, por determinação da delegada Viviane Costa, prenderam o artista em agrante por posse de arma de fogo e munições.

No último sábado, dia 2, Naldo foi denunciado por agressão pela sua esposa, Ellen Pereira Cardoso, a Mulher Moranguinho. Segundo ela, durante uma briga, o cantor a agrediu com socos, chutes e puxões de cabelo.

Por isso ele responde como autor em inquérito policial por lesão corporal, ameaça e injúria, o que culminou no mandado de busca e apreensão em sua residência, onde foi encontrada uma pistola e quatro munições.

COMPARTILHAR