Silvio Santos quer a equipe do “Pânico” em seu casting e tem conversado em sigilo com Emílio Surita, co-proprietário da marca, para fechar acordo para uma possível volta do programa à TV. O apresentador tem até horário definido em sua grade: faixa das 23h nas noites de sábado.

Segundo a coluna do jornalista Ricardo Feltrin, as conversas estão avançadas e o único entrave é com relação aos pagamentos. Acontece que o dono do SBT quer uma sociedade com a atração, assim como é feito com o programa de Ratinho. Os lucros são divididos, mas os gastos também.

A produção do humorístico, contudo, é cara e a equipe precisa de verba semanal para poder bancar os quadros e externas. Por isso, precisaria que o canal arcasse com os custos. Além disso, na RedeTV! e Band os donos da marca recebiam um pagamento referente aos direitos autorais da marca “Pânico”.

Vale lembrar que esta não é a primeira vez que as partes conversam para uma possível parceria. Por enquanto, o programa segue apenas na rádio Jovem Pan.