Paraíba mantém saldo positivo de emprego pelo sexto mês

Pelo sexto mês consecutivo, a Paraíba alcançou saldo positivo de empregos com carteira assinada. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (27) pelo Ministério do Trabalho, mostram que em novembro o Estado foi na contramão da média nacional e registrou um saldo de 1.256 postos de trabalho, com 9.296 admissões contra 8.040 desligamentos. Enquanto isso, o Brasil perdeu 12.292 vagas de emprego.

O setor de comércio, em especial o varejista, foi o principal responsável pelo saldo positivo de empregos na Paraíba, abrindo 868 postos, seguindo a tendência nacional, já que foi o único setor a registrar saldo positivo no país, com 68 mil vagas, motivado, segundo o Ministério do Trabalho, pelas festas de fim de ano, que aqueceram as vendas. Em seguida, vem o setor de serviços, com 490 empregos com carteira assinada, e indústria de transformação com 264 postos de saldo.

Com esse resultado, a Paraíba fechou o mês de novembro na sétima posição do ranking dos Estados e a terceira no Nordeste. Vale ressaltar que apenas 13 Estados geraram saldo positivo do emprego formal em novembro, sendo que a Paraíba vem alcançando esse resultado pelo sexto mês consecutivo. Os saldos em junho (238), julho (809), agosto (3.511), setembro (1.975), outubro (914) e novembro (1.256) apontam que, mesmo em ano ainda lento de retomada do emprego formal em nível nacional, a Paraíba mostra consistência.

A região que mais criou vagas formais em novembro foi a Sul, com 15.181 postos. A Região Nordeste abriu 3.758 vagas. As demais regiões registraram saldo negativo: Sudeste (-16.421), Centro Oeste (-14.412) e Norte (-398).

Assessoria
Governo da Paraíba

COMPARTILHAR