Adailma Fernandes

A Prefeitura Municipal de Serra da Raiz, distante 138 km da Capital, registrou em sua folha de pagamento de 2017, o empenho de diárias no valor de R$ 28.650 destinadas à prefeita Adailma Fernandes Da Silva, que já recebe mensalmente o valor de R$ 12 mil reais, pelo cargo que exerce. A prefeita é campeã no recebimento de diárias, e só em 2018 abocanhou nada mais nada menos que R$ 10.500 reais.

Segundo o Sagres do TCE, ao todo, Adailma já gastou em diárias durante o seu mandato a quantia no valor de R$39.150,00.

Essas quantias foram liberadas para suas despesas durante visitas à cidade de João Pessoa e Guarabira, entre outros gastos.

Quando o assunto é dinheiro público, a prefeita bate o recorde em diárias. Como mostra a tabela a seguir referente as diárias do ano passado.

A prefeita já tem denúncia por suposto desvio de rendas públicas no Tribunal de Justiça da Paraíba TJPB, que foi impetrada, em março deste ano, pelo Ministério Público do Estado da Paraíba, por violação do art. 1º, I, do Decreto Lei nº 201/67, que versa sobre apropriação de bens ou rendas públicas, ou desviá-los em proveito próprio ou alheio. O relator do processo foi o desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos.

De acordo como o relatório, a prefeita de Serra da Raiz, no exercício do cargo, agindo com dolo, operou um desvio, em proveito próprio, de rendas públicas do município, da ordem de R$ 8.546,02.

A mesma foi condenada em 2017, pelo mesmo Tribunal, à impossibilidade de ocupar cargo ou função pública por cinco anos e impossibilidade de ser eleita por oito anos, cabendo ainda na época recurso. A ação penal teve como relator o desembargador Luiz Silvio Ramalho Júnior.  Segundo a acusação do Ministério Público acatada pelo tribunal, a prefeita utilizou R$ 43.750 do dinheiro público sem comprovar com os devidos documentos contábeis e ainda gastou, de forma irregular, R$ 14.998 para amortizar o juro de empréstimos contratados pelos servidores à Caixa Econômica Federal (CEF).

Nas imagens a seguir ficam expostas as informações acerca de 2018, no site do Tribunal de Contas do Estado (TCE-PB), na plataforma Sagres.

Entre as destinações da verba, está o pagamento de diárias, que em menos de 30 dias, em março somaram um valor de R$5.100 para o pagamento de despesas referentes à viagens para Guarabira e João Pessoa, como detalhado na imagem a seguir.

ManchetePB com Click PB