Coachella

De acordo com a Variety, Beyoncé receberá 60 milhões de dólares por três projetos negociados com a gigante de streaming.

O primeiro dos especiais da cantora — o documentário “Homecoming: A film by Beyoncé”, sobre a performance da musa no Coachella de 2018 — foi lançado esta semana, no dia 17, e custou à plataforma 20 milhões de dólares. A cantora trabalhou como produtora executiva, roteirista e diretora do projeto.

Ainda não se sabe o que a Netflix tem planejado para os outros dois projetos, mas as expectativas são altas. Segundo a Vulture, a HBO também estava interessada no pacote — a emissora já tem um relacionamento com os Knowles-Carter há algum tempo: eles exibiram o filme de “Lemonade” em 2016, a turnê “On The Run” em 2014, e o documentário “Life Is But a Dream” em 2013. No entanto, a oferta da Netflix foi mais generosa.

De acordo com a Variety, o acordo vale a pena, porque Beyoncé raramente concede entrevistas — filmes como o “Homecoming”, oferecem aos fãs uma visão da mente criativa de Beyoncé. Além disso, o documentário nos permite observar a vida da estrela fora dos palcos, incluindo como ela concilia o trabalho com seu papel de mãe de três crianças pequenas. “As pessoas não veem o sacrifício”, a cantora confessou em determinado momento do especial. E acrescentou: “Eu definitivamente fui além dos meus limites, e eu aprendi uma lição importante. Eu nunca, nunca vou exigir tanto de mim mesma desta maneira de novo. Eu sinto que sou uma nova mulher, em um novo capítulo da minha vida, e eu sequer estou tentando ser quem era antes. É tão bonito que as crianças fazem isso com você”.

De, Hugo Gloss