Deputado ao lado do ex-prefeito

Profundamente consternado, o deputado estadual Tião Gomes (Avante) lamentou nesta segunda-feira (22) a morte do ex-prefeito do município de Serraria, João de Deus, mais conhecido por João Caboclo. “Partiu um homem de visão e um dos maiores gestores do Brejo da Paraíba, meu amigo e meu correligionário de luta, a quem devo parte do sucesso que obtive nas urnas no município de Serraria”, declarou o parlamentar.

Desde a manhã desta segunda-feira que o deputado Tião, presidente eleito da Comissão de Ética da Assembleia Legislativa da Paraíba, se encontra em Serraria oferecendo apoio à família enlutada e para participar da cerimônia de sepultamento do ex-prefeito.

Natural de Cantinhos na Zona Rural de Pilões, João Caboclo faleceu às 19 horas do domingo, no Hospital Napoleão Laureano, onde encontrava-se internado há 13 dias. O seu sepultamento ocorre na tarde desta segunda-feira, no cemitério público da cidade, com grande acompanhamento. Afora centenas de pessoas procedentes de vários municípios, muita gente da zona rural de Serraria irá acompanhar o cortejo.

Sobre a figura de João de Deus, Tião Gomes atestou que o ex-prefeito falecido foi a última das grandes lideranças políticas de Serraria, tornando-se chefe de um grupo político que tem vencido quase todas as eleições há mais de vinte anos. E prosseguiu o parlamentar: “Além de ter sido prefeito por mais de uma vez, Seu João ainda elegeu prefeito de Serraria o irmão (Brizola) e, nas eleições passadas, o seu filho e atual prefeito, Petrônio. Este, diga-se de passagem, herdeiro nato do DNA administrativo do pai, haja vista o padrão de gestão que está fazendo em Serraria, servindo de modelo para outros municípios”.

João de Deus administrou o município de Serraria no período entre 1997-2004. Ao longo desse tempo se tornou uma das mais expressivas lideranças da região, pelo crivo do qual passaram grandes decisões da política interna.

A obra mais relevante que João de Deus construiu em Serraria foi uma das maiores barragens da região, que agora, na gestão do seu filho Petrônio Freitas, foi ampliada. “Não fosse esta iniciativa do meu amigo João de Deus, talvez o povo de Serraria estivesse morrendo de sede”, comentou Tião Gomes.

ManchetePB