Ciclista foi atendido no local pelo Samu e encaminhado para o Hospital de Trauma de João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo)
Ciclista foi atendido no local pelo Samu e encaminhado para o Hospital de Trauma de João Pessoa (Foto: Walter Paparazzo)

Um ciclista ficou gravemente ferido após ser atingido por um carro na manhã desta segunda-feira (25) em uma rua paralela à rodovia BR-230, próximo a um supermercado no conjunto Esplanada, em João Pessoa. Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal (PRF), o acidente foi registrado por volta das 9h30 nas imediações do km 27, perto do viaduto Ivan Bichara, conhecido popularmente como viaduto de Oitizeiro.

[quote_box_left]Rodovia BR-230 [/quote_box_left]

Segundo informações do sargento França, do Corpo de Bombeiros, que passava pelo local no momento do acidente, o ciclista cruzou a via paralela à rodovia federal da direita para a esquerda e foi atingido pelo carro. O ciclista foi socorrido por uma ambulância do Samu e levado para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa. De acordo com informações repassadas pelo Samu ainda no local do colisão, o estado de saúde do ciclista era considerado grave.

Conforme boletim médico divulgado pelo Hospital de Trauma às 11h desta segunda, o ciclista atropelado tem 55 anos e segue internado na unidade. Ainda segundo o boletim, o homem passou por procedimentos médicos de emergência e seu estado de saúde é considerado regular. O trânsito no km 27 da BR-230 seguia normalmente às 11h, segundo a PRF.

Protesto
Ciclistas realizaram um protesto na orla de João Pessoa no domingo (24) após o médico Vinicius Souza de Lucena, de 41 anos, ser atropelado por uma motocicleta na manhã do sábado (23), na avenidade Argemiro de Figueiredo, no bairro do Bessa. O intuito é chamar a atenção para a insegurança no trânsito. Na manifestação, os ciclistas fizeram orações no Busto de Tamandaré.

Um dia depois do acidente, ciclistas relataram que estão com medo de transitar na via onde houve o atropelado. “A gente agora tá pensando se vale a pena continuar passando por essa rua porque a gente fica com medo, apesar de tomar todas as cautelas”, diz o ciclista e advogado Suélio Moreira.

Outra reclamação dos ciclistas é a falta de segurança nos trechos da praias Cabo Branco e Tambaú. José Carlos de Farias diz que já foi assaltado por homens armados. “Fui abordado e eles colocaram uma arma de fogo em cima de mim e eu entregue o cordão e o relógio”, contou o ciclista

Vinicius Souza estava em João Pessoa para comemorar o aniversário da mãe dele, que foi no sábado (23). Ele mora em Brasília e os familiares dele, em João Pessoa. O médico pedalava em uma ciclofaixa reservada para a prática de atividades físicas na Avenida Argemiro de Figueiredo, quando um motociclista invadiu a faixa e bateu de frente na bicicleta do médico. Testemunhas disseram que o piloto da moto apresentava sinais de embriaguez.

G1 Paraíba