Com a quadrilha, a polícia apreendeu armas, munições, explosivos, grampos, alicates e até uma serra elétrica usada para derrubar árvores com o objetivo de impedir a resposta da polícia – Foto: Divulgação/PM

Seis suspeitos morreram durante uma tentativa de assalto a duas agências bancárias na cidade de Areia, no Brejo paraibano, na madrugada desta quarta-feira (17). Segundo a polícia, os suspeitos usaram armas de grosso calibre, munições e veículos nas ações.

Os suspeitos cercaram a cidade e, por volta das 3h, teve início uma intensa troca de tiros, que evitou toda a ação criminosa. Com a quadrilha, que era formada por integrantes dos Estados de São Paulo, Rio Grande do Norte e Pernambuco, foram apreendidas armas, munições, explosivos, grampos, alicates e até uma serra elétrica que os criminosos usaram para derrubar árvores nos acessos ao município, com o objetivo de impedir a resposta da polícia. Entre o arsenal apreendido, estavam uma submetralhadora, uma pistola, dois revólveres, uma carabina e uma espingarda.

Na ação seis suspeitos morreram, sendo que dois chegaram a ser levados para o hospital da cidade mas não resistiram, e outros dois foram presos. A ação contou com aproximadamente 40 policiais. Os suspeitos que foram detidos permanecem na cidade de Areia até o encerramento dos protocolos de segurança. Eles serão encaminhados para a Central de Polícia Civil de Campina Grande.