As 320 casas lotéricas da Paraíba deixarão de receber pagamento de qualquer conta nos próximos dois sábado
As 320 casas lotéricas da Paraíba deixarão de receber pagamento de qualquer conta nos próximos dois sábado

Empresários donos de lotéricas irão deixar de receber pagamentos nos próximos dois sábado (4 e 11 de junho) em protesto ao valor da remuneração por cada autenticação. O protesto será nacional contra a defasagem das tarifas repassadas pela Caixa Econômica Federal aos correspondentes. Segundo a categoria, não há reajuste nessas operações há dois anos.

De acordo com a presidente do Sindicato dos Empresários Lotéricos da Paraíba, Marlene Falcão, o protesto ganhará apoio das 320 casas lotéricas do estado. “Nós recebemos remuneração por cada autenticação de conta recebida que fazemos. Não importa se a conta é de R$ 10 ou R$ 1 mil. E esta remuneração está sem reajuste há dois anos. Infelizmente, fomos orientados pelo Sindicato Nacional das Lotéricas a não revelar de quantos por cento é a defasabem e nem quanto recebemos por cada documento autenticado. Mas se a inflação está na casa dos 10% ao ano, você imagine”, disse.

A correspondente afirmou que o Sindicato Nacional vem tentando negociar com a Caixa Econômica há mais de ano. “Só na Paraíba, mais de sete mil empregos diretos são gerados pelo nosso seguimento”, disse.

Marlene Falcão lembrou a importância dos serviços das lotéricas, que são capazes de diminuir as filas bancárias. Ela garantiu que “o reajuste não vai onerar os clientes, pois o pleito dos empresários é para atualizar o valor da tarifa paga pela Caixa. Acontece que, apesar de ter o reajustado o valor dos serviços para cobrança e pagamento de boleto, a Caixa vem se negando a reajustar os valores pagos a seus correspondentes”.