Um homem de 45 anos foi preso na noite de quinta-feira (28) suspeito de abusar sexualmente de duas meninas de 8 anos no bairro Colinas do Sul, em João Pessoa. De acordo com a delegada plantonista da Delegacia da Mulher, Maria da Conceição Casado, as meninas foram encontradas amordaçadas na casa do suspeito e essa seria pelo menos a sexta vez que ele cometia o crime.

Segundo a delegada, o crime foi descoberto pelas mães das meninas, que notaram as ausências delas e foram procurá-las. “Uma pessoa disse que as viu entrando na casa do suspeito, um auxiliar de serviços gerais de 45 anos. Quando elas chegaram lá perguntando se as meninas estavam, ele negou e saiu para procurá-las. As mães suspeitaram e disseram que iram entrar na casa dele mesmo assim. Ao entrarem na residência, encontraram as meninas. Uma estava embaixo da cama e outra atrás de uma porta, com fita na boca, as mãos amarradas para trás e com algodão nos ouvidos”, relatou.

De acordo com o depoimento das vítimas, que, segundo Maria da Conceição, estavam cansadas e choravam muito, o homem as seduzia enquanto elas iam comprar lanche próximo à casa do auxiliar de serviços gerais. Ao chegar ao local, ele mandava que elas entrassem, as preparava psicologicamente, abusava sexualmente delas e, no fim, dava dois reais a cada uma.

Maria da Conceição informou que os indícios são fortes e apontam para a culpabilidade do suspeito, mesmo ele negando todas as afirmações. “O homem nega. Inclusive ele realizava os abusos com o uso de camisinha e de forma continuada. Ontem foi a sexta vez que ele fazia isso com elas. Apesar disso, a lei é clara, prevalecendo o depoimento das vítimas”, disse, revelando que ele já foi indiciado por estupro de vulnerável e encaminhado para o Presídio do Róger.

As meninas foram encaminhadas ao Instituto de Polícia Científica (IPC) para a realização de exames e as mães se comprometeram em encaminhá-las ao Centro de Referência Especializado em Assistência Social (Creas) para a realização de consultas psicológicas.

G1 Paraíba