Corpo foi encontrado no ano passado na cachoeira do Ouricuri
Corpo foi encontrado no ano passado na cachoeira do Ouricuri

Um jovem de 21 anos foi preso na madrugada desta quinta-feira (4) suspeito de participar do assassinato do pastor José Carlos na cidade de Pilões, no Brejo da Paraíba, no dia 19 de junho de 2014. De acordo com o delegado seccional de Guarabira, Wallber Virgolino, ele estava escondido no Rio de Janeiro desde a época do crime, mas voltou para a Paraíba nos últimos dias e o mandado de prisão que estava em aberto contra ele foi cumprido.

Ainda segundo Virgulino, os outros três suspeitos de participarem do crime já foram presos e este era o único mandado de prisão que ainda estava pendente.

O corpo de José Carlos foi encontrado no ano passado na cachoeira do Ouricuri, ponto turístico do Brejo. Segundo a polícia, o religioso foi morto a tiros e foi levado até o local, no próprio carro, por quatro homens que o pegaram na saída de casa, em João Pessoa. Após o assassinato, os criminosos fugiram levando o veículo.

O carro de José Carlos foi encontrado carbonizado na cidade de Araçagi. A perícia esteve no local e examinou o veículo e o terreno ao redor. O pastor foi enterrado no cemitério da cidade de Cabedelo, na Grande João Pessoa, onde fica a igreja onde ele pregava.

G1 Paraíba