O deputado federal paraibano, Julian Lemos (PSL), atribuiu ao presidente Jair Bolsonaro (sem partido) a derrota do voto impresso na Câmara Federal.

Em entrevista ao programa Hora H, apresentado pelos jornalistas Heron Cid e Wallison Bezerra, na Rede Mais Rádio, o parlamentar considerou que o assunto foi sepultado e que a Casa mandou um recado duro a Bolsonaro e mostrou que ele não tem força aprovar matérias de seu interesse.

“O maior culpado disso é o próprio presidente porque até a forma como se fala as suas ações, e essa forma bruta de tratar os assuntos e sempre gerar a polêmica como a questão do dissídio que teve aqui foi à gota d’água. O recado foi duro, foi uma derrota política para o presidente, uma pancada mostrando que ele não tem força para aprovar uma coisa desse tipo quanto mais uma coisa mais séria”, defendeu.

Julian votou favorável ao voto mais auditável, mas considerou que está satisfeito com o atual sistema e a derrota do voto impresso não mudará em nada sua vida política.

Roberto Targino – MaisPB