O que não conseguiu sustentar para a educação, fez bonito na agricultura. Tirou do “quadro de agricultores” a indicação. Vem aí Zé Branco para a Secretaria que deve ser, a julgar pela origem do prefeito eleito, a menina dos olhos.

Na educação foi mais difícil escolher entre os efetivos, apesar de ter acertado em cheio no nome de Amauri Mendes – professor que exala competência. Por sua vez, na agricultura o leque de opções era farto assim como devem ser os investimentos no homem do campo – segundo o que foi divulgado no plano de governo.

Zé Branco tem as características exigidas pelo prefeito Marcelo Matias: conhece a realidade do trabalhador rural e está afinado com os propósitos do grupo político.

O novo secretário terá um bom roçado pela frente. E todas as apostas são de fartura na colheita.

ManchetePB