Câmara empossou Marcus Diogo como prefeito de Guarabira – Foto: Renato Toscano

O vice-prefeito, Marcus Diogo (PSDB), foi empossado prefeito em sessão extraordinária realizada na tarde desta segunda-feira (15), no Casarão da Cultura, em Guarabira. Marcus já estava a frente da prefeitura como prefeito interino por conta do então afastamento de Zenóbio Toscano, que morreu no domingo (14) após sofrer um AVC hemorrágico. A sessão Solene aconteceu para que o prefeito esteja apto a promover ações na administração do município.

Receba as principais notícias do ManchetePB.com diariamente no seu WhatsApp. É grátis!

Marcus já governava interinamente o município desde maio de 2019, quando o prefeito Zenóbio Toscano se licenciou do cargo por recomendação médica, após sofrer um Acidente Vascular Cerebral Isquêmico. A lei orgânica do município determina que, em caso de falecimento do prefeito, o vice deve assumir para alterar o cargo provisório, em definitivo.

A sessão da Câmara Municipal foi realizada no Casarão da Cultura porque que o prédio da Casa Osório de Aquino, sede do Legislativo Municipal, passa por reformas. A reunião foi reservada para evitar aglomerações devido a pandemia do novo coronavírus.

Em seu discurso, Marcus disse que honrará legado de Zenóbio. “Buscarei com todas as minhas forças honrar e dar continuidade ao legado de trabalho do Dr. Zenóbio Toscano em nossa cidade. Sei que lá no céu, junto com minha mãe, Detinha Diogo, estarás me iluminando nas decisões, meu amigo. Não é um ato qualquer que assino, mas sim, a sucessão de um homem que dedicou mais de 40 anos de sua vida por esta cidade. Deus nos abençoe!”, falou o prefeito recém-empossado, Marcus Diôgo.

Em seu primeiro ato como prefeito, Diogo decretou o luto oficial de oito dias em homenagem a Zenóbio Toscano.

Leia também:

Do ManchetePB