Deputada Camila Toscano

A deputada estadual Camila Toscano (PSDB) concedeu a primeira entrevista após a morte do seu pai, o prefeito de Guarabira Zenóbio Toscano, ocorrida no dia 14 de junho. A entrevista aconteceu na manhã desta segunda-feira (29) e foi concedida ao radialista Rafael San na Rádio Guarabira FM.

Durante a conversa, Camila elogiou a atuação de Marcus Diogo quanto prefeito e sua sensibilidade em ouvir sugestões. “Desde que meu pai teve AVC que Marcus assumiu a prefeitura, eu e minha mãe conversamos com ele quase que diariamente. Onde chego, tenho a felicidade de falar de Marcus pois todo esse momento mostrou-se um cara integro, correto, direito, sempre nos deixando a vontade para ajudar”, relatou.

Dentre os diversos temas pontuados por Camila durante a entrevista esteve as eleições de 2020. A parlamentar informou que seu foco é a continuidade de trabalho na ALPB. “Não posso deixar que o legado dele [Zenóbio Toscano] morra. Não posso deixar que a política fique carente de pessoas como o meu pai, por mais que ele não esteja aqui. Agora, mais do que tudo, quero mostrar as pessoas que ainda vale a pena acreditar na classe política (…). Irei continuar isso, tenho voltado a minha rotina de trabalho na Assembleia Legislativa, tentando deixar de lado a dor, o vazio em mim, pensando na minha responsabilidade”, disse.

Após fazer os elogios e descartar que concorrerá as eleições, a deputada disse que estará empenhada, junto com a sua mãe, na reeleição de Marcus. “Pra gente é muito bom ver que podemos continuar com ele, que ele pensa da forma como a gente pensa. Ele tem responsabilidade com o dinheiro público, com as pessoas de Guarabira. Enfrenta um momento dificílimo neste momento de pandemia, e mostrou-se ativo, proativo, manteve a equipe. (…) Não iremos abandonar Marcus e sim ajudar ainda mais e mais. Continuaremos essa parceria, essa amizade”, enfatizou.