Algumas das vítimas foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma (Foto: Maurício Melo)
Algumas das vítimas foram levadas para o Hospital de Emergência e Trauma (Foto: Maurício Melo)

Oito pessoas foram baleadas durante uma festa de aniversário na noite desta sexta-feira (22) na comunidade do Laranjeiras, no bairro do José Américo, em João Pessoa. De acordo com a Polícia Militar, o suspeito de ser o alvo dos disparos entrou na residência onde acontecia a festa para fugir de quatros homens que estavam armados com armas calibre 12 e pistolas. No entanto, durante a perseguição no interior da casa, acabou sendo baleado junto com outras sete pessoas. Nenhuma das vítimas morreu.

Marcas do tiroteio podem ser vistas nas paredes da casa, que fica no bairro do José Américo  (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
Marcas do tiroteio podem ser vistas nas paredes da
casa, que fica no bairro do José Américo
(Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Apesar da Polícia Militar ter confirmado que oito pessoas foram baleadas e socorridas para o hospital, uma testemunha que não quis se identificar, informou à reportagem da TV Cabo Branco que uma outra pessoa foi atingida pelos disparos, mas não foi para o hospital, o que totalizaria nove feridos.

Segundo o tenente Lucinaldo Alvino, do 5º Batalhão da Polícia Militar, o homem que seria o alvo dos atiradores começou a ser perseguido por quatro suspeitos em um veículo prata. Ele então tentou buscar refúgio dentro da casa para não ser baleado. Os criminosos o seguiram, entraram no local da festa e atiraram várias vezes, atingido o homem no ombro.
Outras sete pessoas que participavam da festa também foram baleadas. Após os disparos, os criminosos fugiram do local. As vítimas foram socorridas. Quatro foram encaminhadas ao Complexo Hospitalar Ortotrauma de Mangabeira, o Trauminha. Foram levados para a unidade dois homens, incluindo o suspeito de ter sido o alvo dos disparos, e duas mulheres.

As outras quatro pessoas foram encaminhadas ao Hospital de Emergência e Trauma, também na capital paraibana. Para este hospital foram socorridas duas mulheres, uma de 37 anos, outra de 18, um homem de 30 e um adolescente de 17 anos.

Segundo a assessoria de imprensa do Hospital de Emergência e Trauma, assim como o serviço social do Complexo Hospitalar Ortotrauma de Mangabeira, todas as vítimas receberam os atendimentos necessários e já receberam alta médica. Até as 10h20 deste sábado (23) os suspeitos do crime ainda não tinham sido encontrados.

G1 Paraíba