Avião caiu em área rural de Tietê, em São Paulo — Foto: Arquivo Pessoal

Um avião bimotor caiu após decolagem em uma área rural de Tietê, em São Paulo, na manhã desta terça-feira (19) e matou o piloto, de 52 anos, e um passageiro, que era natural de Cajazeiras, no Sertão da Paraíba.

João, natural de Cajazeiras, também era piloto

De acordo com o site de notícias G1 e informações que constam no boletim de ocorrência, equipes foram informadas de que uma aeronave bimotor para cinco lugares, que havia decolado do aeródromo de Tietê às 10h40, havia caído logo após a decolagem em uma área rural no Jardim Baronesa, na Fazenda Palmeiras.

A queda aconteceu no bairro Baronesa, próximo a um aeroclube. Segundo relato de um morador, o avião foi visto soltando fumaça e logo em seguida, caiu. As vítimas haviam ido buscar a aeronave de prefixo PTVEO, fabricação 1987, para retornar ao município de Penápolis.

Com a queda, o piloto Celso Bernardo dos Reis e o passageiro João Robson da Lima Costa não resistiram aos ferimentos e morreram no local. Natural de Cajazeiras, João tinha 40 anos e também era piloto. Ele deixa a esposa e dois filhos.

Conforme o aeroclube de Tietê, a aeronave decolou do aeroposto, unidade de abastecimento de aviões, que fica em uma área próxima, porém, a gestão da unidade não é feita pelo aeroclube.

As causas do acidente estão sendo investigadas pelo Seripa. Em nota, o Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos (Cenipa) informou que vai investigar as causas do acidente e que o tempo para conclusão das investigações terá o menor prazo possível, dependendo sempre da complexidade do caso.