Corpo foi encontrado de fossa de uma residência, em Guarabira (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)
Corpo foi encontrado de fossa de uma residência, em Guarabira (Foto: Reprodução/TV Cabo Branco)

Dois dos quatro suspeitos de matar uma mulher de 26 anos e jogar o corpo dela em uma fossa séptica, em Guarabira, foram detidos pela Polícia Civil, na noite da segunda-feira (18). De acordo com a polícia, o suspeito de assassinar a mulher seria o companheiro dela, que está foragido junto com outro homem.

Segundo o delegado Walber Virgulino, os detidos tiveram participação apenas na ocultação do corpo e na omissão do crime. O delegado suspeita que o motivo do homicídio estaria relacionado ao tráfico de drogas. O namorado da vítima é ex-­presidiário.

Saiba mais
Corpo de mulher é encontrado dentro de fossa em Guarabira
“Estavam sob efeito de drogas”, diz delegado sobre acusados do crime

“A casa onde aconteceu o crime é um ponto de venda e consumo de drogas. A vítima e mais quatro pessoas estavam sob efeitos de crack e o suspeito, após ficar paranoico por conta da droga, achou que a jovem ia denunciá-lo. Foi quando resolveu matá-la”, explicou.

O principal suspeito do crime e outra pessoa que estava no local fugiram em direção da cidade de Campina Grande e, segundo o delegado, os mandados de prisão contra os dois já foram emitidos pela Justiça. Walber disse ainda que a polícia está em busca dos suspeitos e novas prisões podem acontecer nas próximas semanas.