Cássio, Zé Maranhão e Raimundo Lira - senadores pela Paraíba
Cássio Cunha Lima, Zé Maranhão e Raimundo Lira – senadores pela Paraíba

A bancada paraibana no Senado composta por dois senadores do PMDB – José Maranhão e Raimundo Lira e um do PSDB, Cássio Cunha Lima – votará favorável ao impeachment da presidente Dilma. A posição dos peemedebistas foi definida quinta-feira passada em uma reunião com os deputados federais e senadores, comandada pelo presidente Estadual da legenda, José Maranhão.

A posição do senador Cássio Cunha já é conhecida, pois o PSDB faz oposição ferrenha ao governo Dilma e ao PT. Além disso, o parlamentar é o líder dos tucanos no Senado. Ele disse que essa será uma decisão importante que revelará bem o espírito carnavalesco que o Brasil tem.

“Às vezes se olhar no espelho dói, mas o Congresso Nacional com todos os seus defeitos nunca faltou ao povo brasileiro. A Câmara decidiu em consonância com o sentimento da maioria do povo brasileiro que sempre manifestou apoio ao processo de impeachment que chegará agora ao Senado”, avaliou o senador.

Cássio Cunha Lima explicou que a comunicação chegar ainda nesta segunda-feira (18) e será lida na terça-feira (19) em plenário, conforme prevê o Regimento Interno da Casa. “Amanhã mesmo será instaurada uma Comissão com 21 senadores para analisar a admissibilidade do processo no âmbito do Senado. Para isso, é necessária maioria simples, ou seja, 41 votos. Asseguro que a esta altura nós temos no mínimo 45 senadores já decididos a votar pela admissibilidade”, adiantou.

Aceita a admissibilidade pelo Senado, a presidente Dilma será afastada do cargo, Cássio prevê que isso deve acontecer na primeira semana de maio, quando o parecer do Senado deverá ser votado em plenário. Com o afastamento da presidente, assume temporariamente o vice Michel Temer.

Com Jornal Correio da PB