img_20161109_093043284O trânsito da Cidade de Solânea, no brejo da Paraíba, tem sido um problema há muito tempo. Muitas têm sido as discussões em torno desse tema. Mas nada ainda foi feito. O registro de acidentes no Centro da Cidade é constante. Um dos últimos aconteceu no dia 02 de outubro onde um jovem identificado como Mateus Sobral foi atropelado por um motoqueiro. O jovem está em coma induzido em um Hospital de Campina Grande.

A mão de Mateus, Paula Sobral, iniciou uma campanha para chamar a atenção das autoridades competentes para garantir melhorias no trânsito da Cidade. Na manhã desta quarta, 09 de outubro, amigos e familiares da vítima, acompanhados por Paula Sobral, saíram as Ruas da Cidade em caminhada pedindo justiça para que o acusado do acidente responda pelo que fez e chamando o poder público Municipal para assumir a responsabilidade de resolver o problema do trânsito, caótico na Cidade.

Faixas e cartazes foram expostos. A via principal foi interditada e em frente do prédio da Câmara Municipal os participantes discursaram pedindo por faixas de pedestres, criação de um conselho municipal de trânsito e exigindo placas de advertência para que a velocidade máxima na Cidade seja de até 40 km por hora.

Os manifestantes esperam uma resposta das autoridades competentes em até 15 dias, podendo haver um novo protesto.

O Vereador Paulo Nunes disse que já apresentou, na Casa Legislativa, vários requerimentos solicitando faixas de pedestre e outras ações que visam um melhoramento para o trânsito na Cidade, mas que não foi atendido em nenhum.

Ninguém da Gestão Pública Municipal se manifestou.