Guaraves, localizada em Guarabira, tem cerca de 2.300 funcionários — Foto: Divulgação

A Superintendência Regional do Trabalho na Paraíba suspendeu a interdição do abatedouro da Guaraves, empresa de gêneros alimentícios, em Guarabira. A decisão foi comunicada ao diretor da empresa, Ivanildo Coutinho, na noite nesta segunda-feira (25).

A decisão da suspensão da interdição do abatedouro foi tomada na última sexta-feira (22) pelo Juiz do Trabalho, Antônio Cavalcante. Em seu despacho, o magistrado afirmou que acolheu “em parte o pedido de urgência (…) formulado pela Guaraves para determinar que a demandada [Secretaria Especial da Previdência e Trabalho] suspenda imediatamente a interdição” e fixou multa diária de R$ 20.000 até o limite de 30 dias, sem prejuízo de outras penalidades legais, em caso de descumprimento.

Apesar da decisão, o juiz informou que a reabertura da empresa só poderia ser realizada após a Secretaria Especial da Previdência e Trabalho (SEPT) ser comunicada. Nesta segunda, o órgão se manifestou e, por meio de ofício, acatou a determinação e suspendeu a interdição da indústria.

“Conforme determinação judicial constante da Ação Trabalhista, comunicamos a suspensão dos efeitos do Termo de Interdição”, diz o documento assinado por Ana Mércia Vieira Fernandes, Chefe do Setor de Fiscalização de Segurança e Saúde, e pelo Auditor Fiscal do Trabalho, Nei Alexandre de Brito Costa.

A Guaraves havia sido interditada no dia 19 de maio após auditoria fiscal do trabalho do Ministério da Economia que apontou que os profissionais não estavam usando equipamentos de proteção individuais adequados e que normas de higienização não estavam sendo cumpridas, além disso a empresa não estava respeitando, segundo a vistoria, a regra de distanciamento social dos colaboradores durante o horário de trabalho.

Em nota, a empresa informou que segue as medidas de segurança e de saúde recomendadas pela Secretaria do Trabalho e demais órgãos públicos que atuam no combate à pandemia da Covid-19. Além disso, destacou que tem compromisso com a saúde dos colaboradores e da sociedade em geral.

Do ManchetePB