Monica Iozzi, Téo Pereira (Paulo Betti) e Otaviano Costa no Vídeo Show desta sexta (6)
Monica Iozzi, Téo Pereira (Paulo Betti) e Otaviano Costa no Vídeo Show desta sexta (6)

Depois de ficar dois meses atrás do quadro de fofocas do Balanço Geral, da Record, o Vídeo Show resolveu adotar a mesma arma da concorrente. Passou a exibir fofocas de celebridades. Na edição de ontem (5), listou os lugares paradisíacos onde famosos como Beyoncé e George Clooney passam férias, informou que Katy Perry é a personalidade mais bem paga do show business e “revelou” que a namorada de Gusttavo Lima não gostou de ver o cantor exibindo a barriga tanquinho nas redes sociais. Na edição desta sexta (6), o programa recebeu Téo Pereira, o fofoqueiro de Paulo Betti na novela Império (2014), que comentou lista dos divórcios mais caros dos famosos e “ensinou” Monica Iozzi e Otaviano Costa a fazer fofoca.

As fofocas são uma estratégia para combater o quadro Hora da Venenosa, apresentados por Fabíola Reipert e Reinaldo Gottino no Balanço Geral. Em setembro, pela primeira vez, o quadro passou a ser líder na Grande São Paulo nos cerca de 40 minutos em que concorre com o Vídeo Show. Em outubro, a “venenosa” repetiu a liderança. Venceu Monica Iozzi e Otaviano Costa por 9,3 a 8,5 pontos na Grande São Paulo.

O Vídeo Show aderiu à fofoca, mas manteve o humor adotado em abril, com a chegada de Monica Iozzi. Hoje (6), o programa fez piada da própria condição. Ao lado de Paulo Betti, caracterizado de Téo Pereira, Otaviano Costa disse brincando que a atração não aderiu à fórmula de falar mal das celebridades. “O Vídeo Show não é um programa de fofoca, não. A gente faz hard news e entretenimento”, disse, irônico. Hard news é jargão para “noticiário quente”, como são chamadas as notícias de economia, política e geral. Monica Iozzi optou pela sinceridade: “A gente faz fofoca para dar audiência”.

As fofocas do Vídeo Show quase sempre introduzem algo que diz respeito à própria Globo. Ontem, por exemplo, lembrou da “babá que abalou o mundo dos famosos” (Christine Ouzounian, apontada como pivô da separação do ator Ben Affleck) para mostrar uma cena de Susana Vieira como a babá Nice na primeira versão de Anjo Mau, em 1976. Após exibir o “tanquinho” de Gusttavo Lima, sob a legenda “Namorada manda Gusttavo Lima se vestir”, mostrou um trecho do Profissão Repórter com o cantor.

Na véspera, o Vídeo Show contou que a cantora Anitta foi eleita a mais sexy de 2015 por uma revista masculina. Era mote para exibir uma lista das mulheres mais sensuais do ano _quase todas atrizes da Globo, como Camila Queiroz, Agatha Moreira e Marina Ruy Barbosa.

O Vídeo Show começou a fofocar com a rumorosa separação de Joelma e Chimbinha. Tardiamente, o programa entrou no assunto. Otaviano Costa não perdeu a oportunidade de brincar com a situação e repetiu o bordão do fofoqueiro Nelson Rubens, do TV Fama: “okay, okay, okay”.

O ibope ainda não reagiu. Na segunda-feira, o programa bateu recorde dos últimos dois anos, com 13,6 pontos. Mas, naquele feriado chuvoso em São Paulo (que aumenta os televisores ligados), o grande assunto do Vídeo Show era o aniversário de Monica Iozzi _que ainda não definiu se continua no programa depois de dezembro. A média do programa está na casa dos nove pontos.

Do Notícias da TV