Uma adolescente de 17 anos foi assassinada dentro de um quarto de motel, localizado no bairro de Bodocongó, em Campina Grande, na noite deste domingo (12). Caroline da Silva Almeida foi encontrada morta depois que dois homens que haviam entrado em uma suíte com ela, deixaram o motel em alta velocidade. O crime está sendo investigado pela polícia, mas até às 8h desta segunda-­feira (13), ninguém havia sido preso.

Segundo os funcionários do motel, era por volta das 22h50, quando dos homens saíram do local em um veículo Fiat de cor branca, em alta velocidade. Os suspeitos ainda bateram no portão do estabelecimento e saíram arrastando objetos que estavam pela frente. A recepcionista percebeu o barulho, mas ficou com medo e não saiu da sala e acionou a Polícia Militar. A placa que estava no veículo era fria e pertencia a uma moto do estado de Pernambuco.

Alguns minutos após, as funcionárias do motel foram até o quarto 170, onde o grupo estava e lá encontraram a jovem Caroline da Silva já sem vida. Ela estava baleada com um tiro no rosto e havia sangue por todo o quarto. A Polícia Militar ainda fez buscas pela região, mas não localizou os suspeitos nem o veículo usado.

Ainda na noite deste domingo (12), o local do homicídio foi periciado pelo Instituto de Polícia Científica (IPC). A Polícia Civil também está investigado o caso através da equipe especializada em homicídios representada pelo delegado Francisco de Assis.

Do Jornal da Paraíba